Na mesa do editor

Você sabe o que é Steampunk?

por Vivi Maurey
11 de fevereiro de 2015


19826_steampunk_editada

[Créditos: Wallpapervortex.com]

Quando li A bússola de ouro, na infância, queria muito entender aquele mundo paralelo criado por Philip Pullman, onde a tecnologia a vapor era mais avançada que a elétrica, as pessoas voavam de zepelins, e tudo era resumido a engrenagens, bugigangas e maravilhas mecânicas que podiam levar as pessoas longe e fazer coisas teoricamente impossíveis para a época. E foi então que eu descobri que o termo usado para classificar esse tipo de literatura era Steampunk.

Embora não seja uma regra, a maioria das histórias nas quais esse tipo de ficção científica é explorado se passa na era vitoriana, período britânico do governo da Rainha Vitória (1837-1901), quando o vapor era o principal meio de produção. Graças a ele, houve avanços tecnológicos e criações incríveis para a época, como robôs a vapor, diligências turbinadas, além de cientistas “loucos” e por aí vai. Mas já vi também Steampunk em filmes de Velho Oeste, em épocas medievais e em histórias de terror e recontos de fadas.

É bem sabido que Julio Verne (um dos melhores escritores de todos os tempos) foi um dos precursores desse tipo de ficção especulativa, mas o termo Steampunk só se estabeleceu como uma subcategoria da ficção científica no final dos anos 1980. Não é um produto e não começou apenas pelo autor francês. O que aconteceu foi que vários autores começaram a escrever ficção científica num universo futurista, embora a época fosse a que eles viviam (no século XIX); e aos poucos o gênero foi se consagrando.

E, assim como o Vintage, Art Déco e o Retrô, a cultura Steampunk também é uma reflexão com uma enorme influência nos gêneros literários e cinematográficos. Há obras baseadas completamente no gênero, como A Liga Extraordinária, 20 mil léguas submarinas, Viagem ao centro da Terra, e outras não necessariamente focadas nele, nas quais é possível identificar muito dessa estética, como O mágico de Oz, A bússola de ouro, Sherlock Holmes, Blade Runner, De volta para o futuro III

Por todo o mundo já é uma tradição os fãs de Steampunk se encontrarem para falar das obras que mais destacam esse universo, trocar ideias e questionar a sociedade atual, usando o Steampunk como ferramenta de crítica para avaliar e comparar os erros tecnológicos e as propostas disfuncionais. O mais legal, na minha opinião, são as roupas, hihihi. O “movimento” ganhou fama por conta do visual retrô e dos corpetes estilosos e ousados. A-D-O-R-O! No Brasil, o gênero demorou um pouco mais a pegar, mas desde 2007 vem ganhando força. Aqui nós temos o Conselho Steampunk, que também promove encontros e bate-papos interessantes. Visite o site deles para se informar melhor!

steampunk_sketches_a_by_david_nakayama-d4hq89q_editada

Elementos da moda Steampunk. [Créditos: devianart.com]

Por último, mas não menos importante, a Rocco também faz parte do mundo a vapor! Nós temos, para citar alguns, três trilogias com muitos elementos Steampunk para você conhecer melhor. Vai por mim, você não quer ficar de fora!

Temos a trilogia Os Segredos de Wintercraft, de Jenna Burtenshaw, sobre o misterioso livro perdido que guarda os segredos sombrios do véu que separa a vida e a morte (uuuuh!) – a tradutora fez um texto superbacana para vocês se apaixonarem ainda mais pela história. Há também a trilogia Código de Ferro, da Caitlin Rittredge, um suspense sobrenatural de primeira, com referências a H.P. Lovecraft! Yaaay! E, publicamos também O segredo dos Goblins, livro vencedor do National Book Award, de William Alexander.

Vocês já conheciam o gênero? Quais obras vocês acham que têm tudo a ver com o que eu acabei de falar? De qual vocês gostam mais?

Vivi_NOVA OPCAO_20 de junhoVivi Maurey

Autora, editora, nerd, fã incondicional de livros, séries e filmes, que ama ler e escrever – e NUNCA, JAMAIS recusa pizza e maratona de Harry Potter, ainda mais quando juntam as duas coisas!

 

 

Tags1: , , , , , , , ,

Comentários sobre "Você sabe o que é Steampunk?"

  1. Uma trilogia da editora Rocco que me lembra muuito o Steampunk, área pela qual sou muito interessada, é a Trilogia Legend, que embora seja distópica, carrega muito do Steampunk. Principalmente nas roupas. (Tudo isso, claro, na minha imaginação.) 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *