NA ARENA COM OS ROMANOS! – Parte 2

20 de fevereiro de 2015


gadliadorcerto

Mais do que uma grande aventura cheia momentos de tensão, a série Gladiador é uma verdadeira aula sobre o Império Romano. Mas uma aula daquelas em que é impossível tirar os olhos do professor, ou melhor, do livro! Especialista no assunto com mais de um milhão de exemplares vendidos só no Reino Unido, Scarrow reconstitui com maestria para o público jovem uma época em que lutas de vida ou morte eram travadas em arena pública para puro entretenimento da plateia (e algum lucro para os proprietários de escravos, que os treinavam para se tornarem gladiadores e os alugavam para este fim!). É nesse universo marcado por sangrentas disputas de poder, conspirações políticas e costumes peculiares que Scarrow ambienta a história de Marcus Cornelius Primus, jovem vendido como escravo quando tentava vingar a morte do pai e libertar a mãe, também escravizada.

Conheça os livros da série: Gladiador – Luta pela Liberdade e Gladiador – Batalhas nas ruas 

Em meio a uma trama repleta de ação e reviravoltas, o autor vai apresentando curiosidades sobre a época. Por exemplo, mesmo já conhecendo o desfecho – a morte de um dos lutadores bem ali na sua frente – o público gostava de apreciar as habilidades dos combatentes e ver uma bela demonstração de suas técnicas antes de o perdedor ser morto. Por isso, os gladiadores, após o treinamento inicial, se especializavam em diferentes estilos de luta, de acordo com seus talentos.

capa2

 

Assim, havia vários tipos de gladiadores, cada um treinado para um tipo de luta, como o Retarius, que vestia uma armadura leve, pois seu estilo de luta dependia de movimentos ágeis e velocidade, e cujas armas eram uma rede, um tridente e uma adaga para prender e matar os oponentes; o Secutor (perseguidor/seguidor), que usava uma espada e um escudo longo, além de proteção extra na perna esquerda e no braço e antebraço direitos, o que lhe dava mais proteção, porém limitava seus movimentos; e o Bestiarius, guerreiro que lutava com animais selvagens; isso mesmo, seus oponentes eram nada menos que tigres, leopardos e leões! Os bestiarii vestiam armaduras leves e elmo com visor e usavam uma lança ou faca, um chicote e às vezes uma jaula em seus confrontos. As lutas contra animais eram muito populares, e as recompensas para esse tipo de guerreiro eram grandes, mesmo podendo ser menos perigosas para os lutadores habilidosos do que o combate entre gladiadores.

Obrigado a abandonar uma vida comum para se tornar um guerreiro de elite, Marcus Primus, assim como outros jovens protagonistas da literatura juvenil, como Harry Potter e Katniss Everdeen, de Jogos Vorazes, é forçado a deixar de lado sua inocência e a partir em uma jornada que exige coragem, perspicácia e determinação. O convite de Simon Scarrow está feito. Quem quiser acompanhar Marcus nessa jornada vai embarcar numa grande aventura e numa verdadeira viagem pelas ruas do antigo Império Romano. Nem precisa ter habilidades de gladiador para isso. Basta usar a principal arma de um bom leitor: a imaginação.

 Leia também o primeiro post sobre as curiosidades da série Gladiador 

Tags1: , , , , ,

Comentários sobre "NA ARENA COM OS ROMANOS! – Parte 2"

  1. A coisa que mais desanima é a fonte da capa, ou melhor…Essa capa inteira é desanimadora. A história é um pouco tentadora, tentar entender um pouco sobre o Império Romano. Será que devemos “não julgar o livro pela capa”?

Deixe uma resposta para Bill Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *