Xis-Tudo

Coleção Dorothy tem que morrer

Autor: EVANDRO MESQUITA

Preço: R$ 59,50

216 pp. | 20x25 cm

ISBN: 978-85-325-2242-9

Assuntos: Almanaque/Guia, Coletâneas

Selo: Editora Rocco

Como ator ele participou, na década de 70, do grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone, sucesso de público e crítica que revolucionou os palcos com seu estilo anárquico e debochado de fazer comédia. Como cantor liderou a banda Blitz, uma das precursoras do pop rock brasileiro nos anos 80, com músicas deliciosamente divertidas, letras pra lá de bem-humoradas e performances de teatro. Agora, o irreverente, boa-praça e “peladeiro” de plantão Evandro Mesquita ataca a grande área da literatura com seu Xis-tudo e marca um golaço da mais pura diversão – talvez o gol que não pôde marcar na partida com Bob Marley em que não conseguiu vaga para jogar, uma das histórias engraçadas do livro.

Em sua estréia como escritor, Evandro faz jus ao título de seu livro e oferece ao leitor um verdadeiro “xis-tudo”, trazendo, com a ironia e o escracho que lhe são peculiares, páginas recheadas de histórias impagáveis, “que tiveram um toque de inspiração em acontecimentos reais, seja na rua, na fazenda, nos ensaios, gravações ou nas peladas da vida”; poemas e letras de música; listas de “10+”; dicas e receitas sobre alimentação saudável; toques sobre parto humanizado; desenhos; esquetes teatrais curtas, “imaginando os personagens mais curiosos, cômicos e estranhos”; um pequeno compêndio histórico sobre o futevôlei; pequenos contos, chamados de “contos de fricção”; e, ainda, um bate-papo hilário e imperdível entre o ator-cantor e o mestre imortal João Ubaldo Ribeiro.

Entre os “causos” engraçados do livro, Evandro Mesquita conta sobre a vez em que, num show do Paul McCartney, no Maracanã, uma amiga que estava com ele desmaiou, obrigando a gritar por socorro – “Help, I need somebody” –, sendo prontamente atendido pelo “amigo do peito e de agulhas” Ronaldo Azen, um dos primeiros acupunturistas do Rio, que reanimou a menina a tempo de curtir o final de Can’t buy me love. Em outro momento, digno de gargalhadas, ele fala sobre um doído e fugidio dente que lhe causou desespero durante a gravação de um episódio do seriado humorístico Os Normais, com Luiz Fernando Guimarães, seu companheiro dos tempos de Asdrúbal Trouxe o Trombone, e Fernanda Torres.

Para completar o livro, Evandro ainda colheu com grandes amigos, cada qual especialista em sua área, desde listas de “10+” sobre os melhores cantores e cantoras de todos os tempos, músicas para levantar uma festa, os grandes surfistas da história e as melhores ondas do mundo, até dicas para um café-da-manhã mais saudável, e de alimentação em geral para combater e prevenir doenças, bem como diversas receitas de sucos dos mais variados e inusitados – como jaca manteiga com água de coco ou goiaba com suco de maçã, requeijão e mel. Enfim, um título para todos os gostos e de muitos paladares – um autêntico “xis-tudo” aquecendo os ânimos, o estômago e o humor nas madrugadas frias de fome por uma boa leitura.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Evandro Mesquita nasceu no Rio de Janeiro, em 19 de fevereiro de 1952. Estreou como ator na peça Hoje é dia de rock aos 19 anos de idade. Nos anos 70, fez parte da criação coletiva Trate-me leão, do grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone, um marco na história do teatro brasileiro por sua irreverência. Nos anos 80, foi o criador da banda Blitz.

Página do autor +