Textamentos

Textamentos

Coleção Guias Cinematográficos Harry Potter

Autor: AFFONSO ROMANO DE SANT’ANNA

Preço: R$ 29,00

176 pp. | 14 x21 cm

ISBN: 85-325-1065-5

Assuntos: Ficção – Poesia

Selo: Editora Rocco

Disponível em e-book

Preço: R$ 20,50

E-ISBN: 978-85-81221-79-3

Este livro não tem um tema único, mas flerta, em grande parte dos poemas, com a morte, o amor e a velhice. Textamentos apresenta, entretanto, uma abordagem diferente, mais solar, digamos assim: o autor troca a morbidez e tristeza comuns em textos que falam da passagem do tempo por brincadeiras e uma certa alegria com as novas descobertas. Isso, numa linguagem direta, em poemas curtos.

"Estou vivendo a glória de meu sexo/ a dois passos do crepúsculo.

Deus não se escandaliza com isto.

O júbilo maduro da carne me enternece.

Envelheço, sim.

E (ocultamente) resplandeço" (Velhice erótica)

Affonso Romano de Sant’Anna nos leva a compreender que chegar a "uma certa idade" não significa estar esgotado para as emoções e a sexualidade. Não existem fórmulas, mas envelhecer não prenuncia uma "descontrução" se for levado em consideração que o amor é um aprendizado interminável, é um recomeço sem fim. 

Comente  
Instagram

O AUTOR

Um dia dizendo seus poemas na Irlanda, no Festival Gerald Hopkins (1996), ou na Casa de Bertold Brecht, em Berlim (1994), outro dia no Encontro de Poetas de Língua Latina (1987), no México, ou presente num encontro de escritores latino-americanos em Israel (1986), ou participando no International Writing Program, em Iowa (1968), Affonso Romano de Sant’Anna tem reunido, através de sua vida e obra, a ação à palavra. Foi assim quando, em 1973, organizou na PUC-Rio a EXPOESIA, que congregou 600 poetas desafiando a ditadura e abrindo espaço para a poesia marginal; foi assim em 1963, no início de sua vida literária, quando se tornou um dos organizadores da Semana Nacional de Poesia de Vanguarda, em Belo Horizonte. Com esse mesmo espírito de aglutinar e promover seus pares, criou, em 1991, a revista Poesia Sempre, que divulgou a poesia brasileira no exterior e foi lançada tanto na Dinamarca quanto em Paris, tanto em San Francisco quanto Nova York, incluindo também as principais capitais latino-americanas.

Página do autor +