Os Doze Laços Vitais

Os Doze Laços Vitais

Coleção As Memórias do Primeiro Tempo

Autor: EDWARD HALLOWELL

Preço: R$ 46,00

356 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1437-5

Assuntos: Psicologia/Relacionamento

Selo: Editora Rocco

A saúde e a felicidade dos indivíduos estão intimamente relacionadas com a capacidade de priorizar as conexões pessoais. Esta é a idéia defendida pelo psicanalista Edward M. Hallowell em Os 12 laços vitais. O objetivo do livro, segundo ele, é convencer o leitor a encontrar tempo para dedicar-se à força das relações: "Precisamos nos conectar — ou reconectar — com nossos amigos, famílias, vizinhos, comunidades, com o nosso passado, tradições e ideais." Para tanto, enumera uma série de atividades, insights, dicas e histórias para que se estabeleçam relações fortes, convincentes, úteis e duradouras.

A chave para o alcance desse poder, perdido na agitação, violência e urgência do cotidiano, é o que ele chama de momento humano: a ligação entre duas pessoas ou mais, em que todos os envolvidos de fato prestam atenção uns aos outros. "As pontes interpessoais estão ruindo" — alerta Hallowell e acrescenta — "estamos perdendo contato com o próximo, mesmo que nossa intenção não seja essa; somos pessoas ocupadas, compromissadas com outras coisas, em outro lugar."

A conectabilidade é definida nesta obra como uma sensação de inclusão numa realidade maior do que a esfera particular e pode se traduzir numa amizade, num casamento, num conjunto de crenças. Para reforçar esses elos e manter as estruturas interpessoais sólidas e atuantes, o livro traz diversos depoimentos de voluntários que ratificam a importância das idéias de Hallowell, cuja experiência de vinte anos atendendo em seu consultório, hospitais públicos, escolas e igrejas o colocou em contato com as principais mazelas da vida moderna.

A obra se divide em cinco capítulos: I – A força das conexões sinceras; II – Criando conexões; III – Esperanças e temores, conexão e desconexão; IV – Auto-avaliação e sugestões práticas e V – Encontrando a essência da sua vida. Os 12 laços a serem trabalhados para maior paz interior e sucesso são os seguintes: Família de origem; Família imediata; Amigos e comunidade; Trabalho, missão, atividade; Beleza; O passado; Natureza e lugares especiais; Animais diversos e de estimação; Idéias e informações, Instituições e organizações; O que está além do conhecimento; Você mesmo.

A conectabilidade pode ser útil, mas está longe de ser simples. Cultivá-la requer determinação e paciência, como cultivar um jardim, só que este é o jardim das suas conexões.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Edward M. Hallowell, M.D. é psiquiatra de adultos e crianças e vive em Boston. Hallowell escreveu Tendência à distração,em parceria com John Ratey, e Os doze laços vitais, ambos publicados pela Rocco.

Página do autor +