Os 10 (ou mais) mandamentos da solteira

Autor: Krishna

160 pp. | 13x18 cm

Assuntos: Autoajuda, relacionamentos

Selo: Editora Rocco

Impresso

ISBN: 978-65-5532-127-2

Preço: R$ 34,90

E-book

Preço: R$ 22,90

E-ISBN: 978-65-5595-076-2

Como é ser jovem e solteira nos dias de hoje? Um guia de mesa de bar… ou talvez um não guia, em que os conselhos não precisam ser levados ao pé da letra, os mandamentos são flexíveis e as histórias podem ou não ser verídicas. Os relatos e dicas de Os dez (ou mais) mandamentos da solteira vêm da experiência da autora ‒ Krishna, como é conhecida nas redes sociais, uma solteira orgulhosa e convicta ‒ e também de suas amigas e amigas de amigas, com seus inúmeros “dates”, rolinhos, “ghostings” e crises existenciais. A vontade de reunir tanta sabedoria sobre a solteirice num livro veio da constatação de que há muita coisa sobre mulheres, relacionamentos e sexualidade que todo mundo quer saber, mas quase ninguém tem coragem de perguntar nem de falar a respeito. Ser e/ou estar solteira e diariamente escolher a si mesma antes de todas as coisas deveria ser mais que normal em 2021. Então por que mulheres ainda recebem olhares atravessados quando dizem que são solteiras, enquanto homens estão por aí vivendo a solteirice e sendo felizes sem que ninguém questione seu status de relacionamento? Este é um livro de humor e de crônicas do cotidiano, mas também um manifesto, para ler e marcar as partes com as quais cada mulher, solteira ou não, mais se identifica. E, como diz o título, é ainda um guia sobre os tipos de homens que podem ser encontrados nos aplicativos, dicas para o primeiro “date” depois da conversa no app e também para desenrolar a conversa. E não fica por aí: aqui você vai encontrar muita coisa sobre amizade, trabalho, dinheiro, autoprazer e sobre o Gregório Duvivier. Mas para entender essa parte, só lendo.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Krishna (@kribshna no Twitter) é comunicadora. Amante da MPB, do carnaval e dos livros, era uma criança apaixonada pelas palavras e que sonhava em ser escritora em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. Se tornou uma adulta que não acreditava ser capaz de virar escritora até que se percebeu escritora. Escreve livro, tuíte, discurso de aniversário e carta de apresentação para os amigos. Solteira desde sempre, criada por mulheres e com infinitas amigas, adora observar as nuances do comportamento feminino. Cria conteúdo na internet e fala o que vem na cabeça. Seu bolo favorito é o de laranja.

Página do autor +