Ornamento e Modernismo

Ornamento e Modernismo

Coleção Foxcraft

Autor: MARCOS DE MORAES SÁ

Preço: R$ 29,00

150 pp. | 16x23 cm

ISBN: 85-325-1855-9

Assuntos: Arquitetura/Design

Selo: Editora Rocco

Ninguém imagina, mas o ornamento, um acessório corriqueiramente inofensivo, está no centro do desenvolvimento da história da arquitetura, sobretudo do período moderno até os dias atuais. Exaltado e glorificado no período barroco, foi rejeitado e escorraçado pelas vanguardas do século 20. E, quando o pós-modernismo recuperou-o poucas décadas atrás, injetou também uma forte dose de perversidade. Do mesmo modo que os modernos “limparam” a arquitetura até a negação completa do ornamento, os pós-modernos o resgataram só para esvaziar-lhe de qualquer sentido. Ornamento e modernismo conta esta atribulada história de um conceito que viveu altos e baixos nos últimos 2.500 anos e de repente pode emergir, neste início de século 21, como o ponto de partida para uma compreensão inovadora do estado da arquitetura hoje. A partir da análise do papel do ornamento nos principais períodos da história da arquitetura, Marcos Moraes de Sá procura desmistificar o seu caráter secundário de elemento apenas acessório à composição. 

“Entender estas questões”, escreve, “pode vir a contribuir, de alguma forma, para uma melhor compreensão de nossa época, ajudando a lançar um novo olhar sobre os caminhos estéticos da atualidade e as opções do homem no seu processo de criação.” Será que estamos condenados a ser eternamente modernos ou devemos cair na areia movediça pós-modernista?, pergunta-se Moraes de Sá. “Uma questão incontornável, agora que cronologicamente saímos do século 20 e, em vários ramos do conhecimento, começa um esforço de revisão de nossa cultura nos últimos cem ou cento e cinqüenta anos”, escreve Affonso Romano de Sant’Anna no provocativo prefácio intitulado “Entre o moderno e o eterno”. Um glossário técnico, farta iconografia e perfis de 16 arquitetos-chaves da história da arquitetura, além de uma suculenta bibliografia que abre perspectivas para os leitores que se interessarem em aprofundar seus conhecimentos na área, fazem de Ornamento e modernismo um livro fundamental tanto para os profissionais e estudantes de arquitetura como para o leigo.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Marcos Moraes de Sá é arquiteto com intensa atuação na área de projetos e interesse especial pela teoria e história da arquitetura. É autor do livro A Mansão Figner: o ecletismo e a casa burguesa no início do século XX e co-autor do Guia da Arquitetura do Rio de Janeiro – período colonial. Foi assistente da Prof. Dra. Sandra Alvim e responsável pelas ilustrações dos seus livros sobre a arquitetura religiosa colonial. Realizou viagens de pesquisa sobre a arquitetura moderna na Europa e EUA; as raízes da arquitetura colonial em Portugal; o Renascimento e o Barroco na Itália.

Página do autor +