O Segredo da Plataforma 13

O Segredo da Plataforma 13

Coleção Coleção Marginália

Autor: EVA IBBOTSON

Preço: R$ 29,00

160 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1421-9

Assuntos: Juvenil, Rocco Jovens Leitores

Selo: Rocco Jovens Leitores

Debaixo da plataforma 13, na estação de trens Encruzilhada dos Reis, existe uma porta secreta que se abre apenas a cada nove anos. Por lá vão passar quatro figuras misteriosas, encarregadas de encontrar um príncipe desaparecido. Entretanto, para que todos entendam como tudo começou, é preciso fazer algumas manobras mágicas com o tempo e voltar nove anos no calendário do reino encantado criado por Eva Ibbotson.

Naquela época, o rei e a rainha moravam numa casa branca, de cômodos simples e frescos, com janelas sempre abertas, numa baía de areia dourada, cheia de conchas. Nada de jóias, palácios enfeitados e tronos desconfortáveis. Apenas a batida das ondas e o suave sussurrar do vento.

No ano de 1983, a rainha teve um bebê e ficou absolutamente encantada com o filho. Desde que a criança nasceu, todos queriam cuidar dela. Mas Sua Alteza acabou escolhendo Violeta, Lili e Rosa, as trigêmeas, que eram enfermeiras treinadas e sabiam trocar fraldas, proteger do vento e cozinhar verduras. E, por algum tempo, tudo correu muito bem.

Quando estava com três meses de idade, porém, o bebê desapareceu. Durante nove anos o povo ficou de luto, as sereias choraram nos rochedos e os estudantes contavam os dias que teriam de passar até o príncipe ser trazido de volta. Longe dali, entretanto, um menino chamado Raimundo Hutingdon Trottle de nada sabia. Para completar não gostava e não entendia nada de mágica. E pior, muito pior, faria qualquer esforço para não ser encontrado.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Eva Ibbotson nasceu em Viena e passou os primeiros anos de sua infância viajando pela Europa, entre a residência de seu pai, cientista, e a de sua mãe, romancista e dramaturga, os quais se separaram quando ela completou três anos. Quando os nazistas chegaram ao poder, sua família fugiu para a Inglaterra e Eva foi enviada para um internato. Ela planejava se tornar fisiologista, mas odiava experiências com animais e foi salva de uns coelhos ferozes por seu futuro marido. Tornou-se escritora enquanto criava seus quatro filhos. Seus romances juvenis figuram entre os mais vendidos em todo o mundo. Muitos são premiados, como Jornada pelo Rio Mar, que recebeu o prêmio Ouro da Nestlé, e A estrela de Kazan, merecedor do prêmio Prata da Nestlé e recomendado para a medalha Carnegie. A autora morreu em 2010, aos 85 anos.

Página do autor +