O Ditador e a Rede

O Ditador e a Rede

Coleção Foxcraft

Autor: DANIEL PENNAC

Preço: R$ 32,00

244 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1836-2

Assuntos: Ficção – Romance/Novela

Selo: Editora Rocco

O ditador e a rede seria apenas a história do ditador Manuel Pereira da Ponte Martins, de Teresina, capital do Piauí. Nas mãos do hábil Daniel Pennac, no entanto, o livro se transforma em uma elegante e bem estruturada sátira política e social, uma farsa sobre dilemas pessoais e tiranias. Para escrevê-lo, o consagrado romancista francês adiciona o surpreendente conhecimento da alma e dos ‘causos’ brasileiros, adquiridos nos anos que viveu no nordeste do país, à grande habilidade que tem para contar histórias e seduzir leitores.

Nesse exercício literário com uma pitada do bom e velho realismo fantástico latino-americano e doses de um olhar estrangeiro sobre o Brasil, Daniel Pennac faz uma elegante e bem estruturada sátira do sistema político. E, apesar de encená-lo em terras brasileiras, o escritor inicia o romance com uma ressalva: "seria a história de um ditador agoráfobo. Não importa o país. Basta imaginar uma dessas repúblicas de banana com terras de um subsolo rico o suficiente para que alguém ali queira tomar o poder e áridas o bastante, na superfície, para serem férteis em revoluções."

O contraditório ditador Pereira é populista, mas tem medo mórbido de lugares públicos e espaços abertos. Ele chegou ao governo por viver num país onde "tendo-se terras, nome e dinheiro, tem-se o poder". E era ajudante do tacanho General Presidente do país, de quem tomou o posto. A trajetória desse personagem, mesclada com constantes referências ao clássico filme O grande ditador (The Great Dictator, 1940), e ao seu criador, o lendário cineasta e cômico Charles Chaplin, recheia as 242 páginas de um romance dos mais curiosos e fascinantes.

Fã incondicional do Brasil, onde morou por dois anos, Pennac não faz nenhuma análise profunda da realidade brasileira. Ao contrário, o autor prefere utilizar sua verve de contador de histórias para problematizar antigas idealizações, chamando o sertanejo de "esse herói feito de vento e de sol", com velhos preconceitos, colocando na boca do General-Presidente a fala: "Pereira, você que sabe ler…" Tudo para construir uma farsa sobre dilemas pessoais e tirania, causos regionais e sociopolítica, com uma abordagem universal e, ao mesmo tempo, um vasto conhecimento da alma brasileira. Em suma, o autor francês escreveu um livro para todo o mundo, mas que o público brasileiro vai ter um prazer todo especial em ler.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Daniel Pennac, nascido em Casablanca, Marrocos, em 1944, é considerado hoje um dos mais importantes escritores da literatura francesa. Autor premiado de ficção, ensaios, títulos infantis e peças teatrais, Pennac obteve pelo conjunto da sua obra o Grande Prêmio Metropolis Bleu, anteriormente atribuído a autores como Margaret Atwood e Carlos Fuentes, entre outros. A saga da Família Malaussène granjeou-lhe enorme sucesso internacional, assim como o ensaio Como um romance, uma verdadeira declaração de amor à literatura. Do autor, a Rocco publicou, entre outros, Como um romance e Diário de escola.

Página do autor +