Milagres Práticos para Marte e Vênus

Milagres Práticos para Marte e Vênus

Coleção O legado de Orïsha #1

Autor: JOHN GRAY

Preço: R$ 35,00

268 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1710-2

Assuntos: Autoajuda, Comportamento

Selo: Editora Rocco

Autor do bestseller Homens são de Marte, mulheres são de Vênus, o americano John Gray segue linha parecida neste livro, enfatizando de forma otimista as mudanças que os chamados "milagres práticos" exercem na vida das pessoas. O autor enumera nove princípios para qualquer um "começar a fazer mudanças na sua vida que antes pareciam impossíveis". Além disso, ressalta a importância cada vez maior que a espiritualidade vem ganhando como elemento importante no dia-a-dia.

"Num sentido prático, a sociedade ficou em banho-maria nos últimos 200 anos. Agora a água começou a ferver e a mudança radical de água para vapor está acontecendo." Diferentemente de livros repletos de frases feitas e pouco conteúdo, John Gray mostra, de forma clara e objetiva, a evolução do comportamento humano, desde o otimismo pós – II Guerra Mundial até o governo Clinton, "o mais humano de todos os presidentes americanos – uma coleção vulnerável de virtudes e vícios".

Passa pelo início do rock, nos anos 50, a geração "paz e amor", na década seguinte, o individualismo dos anos 70 e o materialismo dos 80, até o fim da Guerra Fria e a explosão da comunicação, via Internet, nos anos 90. O terceiro milênio começa, segundo John Gray, com essa busca mais intensa pela espiritualidade, apesar de ainda existirem violência, desigualdades, guerras etc. E essa busca, segundo ele, independe de crenças ou dogmas.

"Cada religião dá uma forma à verdade, para pessoas com temperamentos diferentes e em diversos estágios de amadurecimento." Libertar a consciência (sem uso de agentes químicos, é claro) e descobrir o poder interior são a chave para a mudança, explica.

O uso e a aceitação cada vez maior da medicina alternativa são provas, segundo ele, de que a nutrição, a acupuntura e outras técnicas já estão mudando o conceito cômodo de que doença só se trata com remédios cheios de efeitos colaterais. Para o autor, as pessoas dependem demais de pílulas mágicas e ignoram a capacidade de melhorar o estado de saúde sozinhas.

O estresse, este mal presente na vida de um número cada vez maior de pessoas, recebe um cuidado especial do autor. É quando ele fala da energia natural e ensina técnicas bem simples para absorvê-la e eliminar não apenas o estresse, mas também a angústia, a fadiga e a dor. No livro, há dietas bem interessantes e fáceis de fazer, para canalizar com toda a força a energia natural.

No fim das contas, este é um livro sobre o amor – não apenas o amor entre as pessoas, mas também o amor do ser humano pelo mundo em que ele vive e por si mesmo. Mas para vivenciar este amor de forma completa, é preciso superar vários obstáculos: "Para amar como se fosse a primeira vez, precisamos aprender a curar nossas mágoas. O que dói é esquecer que temos esse poder e por isso dependemos demais dos outros", conclui John Gray.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Nascido em 28 de dezembro de 1951, em Houston, Texas, John Gray ficou mundialmente conhecido em 1992, quando Homens são de Marte, mulheres são de Vênus foi lançado. O livro permaneceu por 44 semanas na lista de bestsellers do The New York Times, e contabiliza mais de 50 milhões de exemplares vendidos, com tradução para 45 países. Terapeuta e organizador de cursos e seminários, Gray dedica-se há mais de 20 anos ao estudo do relacionamento de casais e já publicou mais de uma dezena de livros sobre o tema, publicados no Brasil pela Rocco. Atualmente, o autor vive com a mulher e os três filhos na Califórnia.

Página do autor +