Garotas de Xangai

Garotas de Xangai

Autor: LISA SEE

Preço: R$ 52,00

336 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2562-8

Assuntos: Ficção – Romance/Novela

Selo: Editora Rocco

Pérola e May são lindas garotas. Na Xangai de 1937, elas posam para calendários pintados por artistas, divertem-se com amigos de diferentes nacionalidades, ignoram os conselhos dos pais, e desconhecem completamente a situação pela qual passa a China. Ocupadas com os compromissos sociais, elas nem percebem que os dias de algazarra e liberdade estão prestes a acabar. Bombas destroem aquela que é considerada a Paris da Ásia e acabam com os sonhos das irmãs, que são obrigadas a encarar uma dura rota de fuga, rumo aos Estados Unidos. Traições, amores e descobertas dão o tom de Garotas de Xangai, um dos mais aclamados romances da norte-americana, descendente de chineses, Lisa See.

Ao chegarem em casa depois de uma noite bem aproveitada nos melhores bares de Xangai, Pérola e May são surpreendidas por uma notícia nada agradável: o pai perdeu tudo no jogo e teve como única solução para saldar a dívida vender as filhas a dois jovens chineses nascidos nos Estados Unidos. Não bastasse a tragédia pessoal, a Xangai onde nasceram foi destruída pelos japoneses. O pai das jovens desaparece e deixa a família à mercê da própria sorte. Decidida a salvar as filhas, a mãe foge para Hong Kong com as garotas, e de lá para Los Angeles.

Durante a viagem, as três mulheres passam por incontáveis provações. Pérola e May perdem a mãe, passam por situações extremas e depois de quase meio ano de sofrimento entram finalmente em território americano. A vida deveria melhorar, pensam as garotas, até descobrirem que a história contada pelo pai, de que teriam maridos ricos, uma bela casa e uma vida confortável na América, não passa de mais uma mentira. Como se destinadas a uma tragédia atrás da outra, Pérola e May precisam enfrentar mais dificuldades ao se tornarem parte da família Louie.

Dividido em três partes, Garotas de Xangai mostra a trajetória das duas irmãs de 1937 a 1957. A história é narrada sob o ponto de vista de Pérola, a irmã mais velha. É através de seu olhar que o leitor percorre 20 anos da vida do povo chinês, em rota de fuga para os Estados Unidos. Lisa Lee recria para os leitores a dura realidade à qual foram submetidas não apenas Pérola e May, mas a maioria dos chineses durante duas décadas.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Lisa See foi correspondente na Costa Oeste americana da Publisher’s Weekly. Em 1996, lançou seu primeiro livro, On golden mountain, as elogiadas memórias da saga de sua família sino-americana, best-seller nos EUA. Ruiva, com apenas um oitavo de sangue chinês, Lisa tem na cultura dos antepassados orientais suas referências como escritora. Ela estreou na ficção em 1997, com A rede da flor, indicado para o Edgar Award como melhor romance de estréia daquele ano.

Página do autor +