Fotocópias

Fotocópias

Coleção Foxcraft

Autor: JOHN BERGER

Preço: R$ 26,00

164 pp. | 13x21 cm

ISBN: 85-325-1493-6

Assuntos: Ficção – Conto

Selo: Editora Rocco

Como sugere o nome do livro, os contos na verdade são imagens ricas em detalhes e sutilezas, que descrevem minuciosamente cenas, diálogos, cenários ou personagens. A leitura de "Uma jovem mulher usando uma Chapka", por exemplo, causa a perfeita impressão de uma fotografia, enquanto "Ilha de Sifnos" proporciona uma verdadeira viagem às ilhas gregas.

As imagens descritas são, no entanto, essencialmente simples, como evidenciam os títulos dos contos. Todas elas são narradas segundo o ponto de vista do autor, como se o leitor as olhasse através dos olhos dele. E é justamente a sensibilidade no olhar de John Berger que cria toda a poesia que permeia o livro da primeira à última linha. Um dos maiores méritos desta obra é a descoberta desta poesia em situações cotidianas, demonstrando que a realidade é muito mais rica do que pode aparentar.

A crítica social, característica marcante na literatura de John Berger, também está presente em muitos dos contos que formam este livro, embora de maneira muito mais sutil do que em obras anteriores. Fotocópias aborda sobretudo a falência do estilo de vida camponês, causado pela lógica capitalista que, para o autor, é incompatível com a classe camponesa. Neste sentido é visível uma semelhança entre a realidade descrita e a realidade brasileira, principalmente no que diz respeito ao êxodo rural e a batalha diária levada adiante por quem insiste em continuar trabalhando na terra. "Dois homens ao lado de uma cabeça de vaca" e "Uma casa nas Montanhas Sabinas" são dois dos contos que abordam este tema ao estilo Terra nua, primeiro livro da trilogia Into their Lanbour, obra que celebrizou o autor.

Fechando o livro, Subcomandante insurgente foge do padrão dos outros conto, abordando as declarações recentes do subcomandante Marcos, líder do Exército Zapatista para a Libertação Nacional, e refletindo sobre os rumos dos movimentos de esquerda espalhados pelo mundo.

Comente  
Instagram

O AUTOR

John Berger nasceu em Londres, em 1926, e faleceu em janeiro de 2017, aos 90 anos, em Paris. Aos 15 anos era anarquista. Depois da Segunda Guerra Mundial, quando já era escritor, passou a ser duramente criticado por sua simpatia ao marxismo. Ele é famoso por suas obras de ficção – romances e contos – e não-ficção, em especial livros de crítica de arte. Destaque para Modos de ver, de 1972, referência para toda uma geração de historiadores da arte, ao refletir sobre a relação entre o que vemos e o que sabemos ou acreditamos. São também do autor: Terra nua, Uma vez in Europa e Fotocópias, todos publicados pela Rocco. Atualmente, vive nos Alpes franceses, praticamente recluso.

Página do autor +