Fora da lata

Autor: Luiz Quinderé

160 pp. | 14x21 cm

Assuntos: Empreendedorismo, não ficção, negócios

Selo: Editora Rocco

Impresso

ISBN: 978-65-5532-214-9

Preço: R$ 39,90

“Quem é o Luiz do Brownie?” e “Como começou a história do Brownie do Luiz?” estão entre as perguntas recorrentes ao se digitar “luiz + brownie” no Google.

Afinal, o Luiz existe. Há alguém por trás dos dois mil pontos de venda, seis lojas próprias, duas fábricas, uma distribuidora e tantas outras ideias que se tornaram realidade. Em Fora da lata, o próprio Luiz conta como o negócio começou (da cozinha de casa para o pátio da escola), cresceu (depois de participar do programa matinal da Ana Maria Braga) e apareceu (além dos quadradinhos de chocolate).

A história é de sucesso, mas o trajeto não foi simples nem fácil, muito menos certeiro. Enquanto percorria os caminhos que levaram o brownie mais famoso do Brasil ao sucesso atual, Luiz foi jogador de futebol, apresentador de TV e, principalmente, empreendedor. Hoje, além do Brownie, Luiz é sócio da Lupe Distribuidora, do Yuca Pão de Queijo, da Kuba Áudio, da Tal Passeadores, do Cafofo Imóveis e da Dudalu, seu projeto musical autoral com sua namorada Dani Guimarães, sempre contando com parceiros para tirar as ideias do papel.

“Quando você é mordido pelo bichinho do empreendedorismo, nunca mais se cura”, conta ele. Empreender tem seus altos e baixos e, muitas vezes, é preciso errar para aprender e acertar logo adiante.

Fora da lata é a história de um homem e de um negócio, de uma ideia, de um sonho, e vai inspirar outros sonhadores a encontrarem o que é preciso para fazer o que parece impossível acontecer.

Fora da lata é a história de um homem e de um negócio, de uma ideia, de um sonho, e vai inspirar outros sonhadores a encontrarem o que é preciso para fazer o que parece impossível acontecer.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Luiz Quinderé, ou Luiz do Brownie, como ficou conhecido, começou a empreender aos 15 anos vendendo brownies na escola. De casa para a cozinha sublocada até as duas fábricas que existem hoje foram 17 anos. O menino que vendia brownies no intervalo das aulas se transformou em um homem de negócios, considerado um dos jovens mais promissores do Brasil pela revista Forbes. Saiba mais sobre o Luiz e seu brownie nas redes sociais: @browniedoluiz @luizdobrownie

Página do autor +