Física do Impossível

Física do Impossível

Coleção As Memórias do Primeiro Tempo

Autor: MICHIO KAKU

Preço: R$ 48,00

320 pp. | 16x23 cm

ISBN: 978-85-325-2559-8

Assuntos: Ciências/Neurociências

Selo: Editora Rocco

Um dia talvez possamos atravessar paredes, construir naves espaciais, ler os pensamentos das pessoas, mover objetos com o poder de nossa mente e, até quem sabe, transportar nosso corpo pelo espaço cósmico com a maior naturalidade do mundo, como nos filmes de ficção científica. Esta é a tese do físico nipo-americano Michio Kaku em Física do impossível. O autor, consagrado pela reelaboração da teoria das cordas, também dá consultoria a roteiristas e escritores de ficção científica que exploram as leis da física contemporânea em seus trabalhos.

Como físico, Michio Kaku aprendeu muito cedo que as impossibilidades são relativas. E que diante dos extraordinários avanços da ciência, especialmente a partir do aparecimento da teoria quântica, já se pode imaginar que algumas tecnologias fantásticas vão fazer parte do cotidiano da humanidade daqui a dois ou três séculos. Na verdade, na ciência, especialmente na física, a não ser que haja uma lei impedindo explicitamente um novo fenômeno, acaba-se descobrindo que ele existe, basta desvendá-lo. Ao sondar os limites do que é proibido, cientistas descobrem continuamente novos e impensáveis paradigmas.

Algumas tecnologias que pareciam concebíveis somente na ficção atualmente estão a um passo de se tornarem realidade, e abrem possibilidades para o futuro. Os escritores da série Jornada nas estrelas foram tão atacados pelas físicos que acrescentaram “compensadores Heinsenberg” para explicar o teletransporte de suas personagens. Recentemente, porém, os físicos já conseguiram teletransportar átomos de um lado a outro de uma sala e fótons sob o rio Danúbio. Para embasar seus prognósticos, o autor discute amplamente as tecnologias em desenvolvimento, introduz tópicos fundamentais da física contemporânea e classifica as ditas impossibilidades.

Em capítulos distintos, Kaku apresenta as ditas Impossibilidades Classe I, que são tecnologias impossíveis ainda hoje, mas que não violam as leis do conhecimento científico disponível. Portanto, elas talvez sejam realidade em um futuro próximo. O teletransporte e os escudos de invisibilidade serão comuns com maior rapidez do que imaginamos. As Impossibilidades Classe II seriam aquelas que se encontram no limite da compreensão humana dos fenômenos físicos. Talvez se realizem na escala de milênios, entre elas estão as máquinas do tempo e as viagens espaciais pelo hiper-espaço. A última inclui técnicas que violam as leis da física, como, por exemplo, a criação de uma máquina moto-perpétuo. Ou seja, uma fonte inesgotável de energia.

Física do impossível arrebata o leitor para um mundo fantástico e que só é realidade nos filmes e romances de ficção. Colocado frente a frente com as últimas teorias científicas e com o aval do que hoje já se conseguiu realizar nos laboratórios de experimentação em todo o mundo, tem-se a impressão que este admirável mundo novo está mais próximo do que podemos imaginar.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Michio Kaku é um dos mais renomados e populares físicos do momento. Ele é professor catedrático de Física Teórica na City University, de Nova York. Graduou-se em Harvard e recebeu seu título de doutor em Berkeley. Escreveu vários livros de sucesso, incluindo Hiperespaço, publicado pela Rocco e citado como uma das melhores obras científicas do ano pelo The New York Times e o The Washington Post.

Página do autor +

MÍDIA

Areia nos Dentes
Matéria publicada no Correio Braziliense