Conta de Mentiroso

Conta de Mentiroso

Coleção Foxcraft

Autor: ROBERTO DAMATTA

Preço: R$ 31,00

240 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-0387-X

Assuntos: Ciências Sociais E Humanas

Selo: Editora Rocco

Disponível em e-book

Preço: R$ 21,50

E-ISBN: 978-85-81221-02-1

Sete temas diferentes com interpretações da sociedade brasileira compõem o livro de Roberto DaMatta Conta de mentiroso. Resultado de palestras em universidades brasileiras, americanas e francesas, os ensaios reunidos em Conta de mentiroso reafirmam o lugar de DaMatta como um dos mais notáveis pensadores das ciências humanas em nosso país. A partir do convívio com as teorias pós-modernas durante o período em que vem lecionando na Universidade de Notre Dame, Indiana, DaMatta enriquece sua formação teórica apoiada na insistente pergunta da Antropologia Estrutural: "O que significa?" Daí surgem ensaios surpreendentes em que se resgatam os valores básicos da Antropologia como estudo crítico da vida coletiva.

É o caso do texto de abertura sobre a palavra "saudade". Diz DaMatta que sua intenção é "pôr a saudade no horizonte da reflexão sociológica brasileira como uma categoria básica da nossa existência coletiva". Outro tema abordado é o texto literário como peça etnográfica, onde é feita uma comparação entre relato de viagem e relato antropológico: "Se o texto literário ‘contava’ uma sociedade, no caso brasileiro, no qual eram poucos os estudos especificamente sociológicos da sociedade como tal, o texto literário de fato fazia falar a sociedade."

A música de carnaval, mais especificamente a marcha "Mamãe eu quero", é minuciosamente "decifrada" no terceiro ensaio. O leitor poderá então deparar com implicações semânticas normalmente despercebidas quando a música é entoada. No texto "Em torno da representação da natureza no Brasil", os discursos sobre a natureza são analisados por DaMatta: "O sistema social brasileiro agasalha valores modernos como o individualismo igualitário e as idéias de justiça social, de progresso material e de controle sobre a natureza sem, entretanto, abandonar (ou ‘resolver’) um conjunto de práticas (e de ideologias) tradicionais – como a patronagem, o clientelismo e o nepotismo."

Em Conta de mentiroso DaMatta discute também o conceito de tradição no Brasil, afirmando que só é possível o entendimento desta palavra em sociedades ibero-americanas através das relações entre diferentes tradições. Os dois últimos ensaios tratam de temas graves que afligem a sociedade brasileira atualmente: a inflação, que o autor considera menos um problema economicamente específico do que um padrão moral culturalmente estabelecido; e o discurso sobre a violência, em que o institucional é contraposto ao senso comum baseado na experiência diária.

Conta de mentiroso não é voltado apenas para cientistas sociais. Este livro é uma excelente contribuição para a compreensão dos mecanismos que tecem a difícil malha de relações de poder no Brasil. Sua leitura é também recomendada a pessoas que queiram entender por que determinadas expressões e práticas dificultam o processo do Brasil se tornar uma sociedade mais justa.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Mestre e doutor pela Harvard University, Roberto DaMatta é professor titular de Antropologia Social do Departamento de Ciências Sociais da PUC-Rio, autor de mais de uma dezena de livros e colunista de dois dos mais importantes jornais do país: O Estado de S. Paulo e O Globo. Sua contribuição para a Antropologia e as Ciências Sociais é incontornável, pois ele se enquadra entre os mais argutos intérpretes do Brasil, ao mesmo título que Gilberto Freyre, Caio Prado Jr., Sérgio Buarque de Holanda, Florestan Fernandes e Darcy Ribeiro.

Página do autor +