Confusão é meu nome do meio

Autor: Stephanie Tromly

320 pp. | 14x21 cm

Tradução: Natalie Gerhardt

Assuntos: juvenil; ficção estrangeira; mistério

Selo: Editora Rocco

Impresso

ISBN: 978-65-5532-202-6

Preço: R$ 64,90

Quando Philip Digby apareceu pela primeira vez na porta de Zoe Webster, ele agiu como um idiota e a tratou como se fosse um livro que ele já conhecia do início ao fim.

Mas, antes que perceba, Zoe se vê envolvida ― contra sua vontade ― em uma aventura hilária, perigosa e provavelmente ilegal relacionada ao sequestro de uma garota da cidade. O motivo? Esse sequestro pode ter alguma conexão com o desaparecimento da caçula dos Digby oito anos atrás. Por isso, Digby (que é irritante, muito inteligente e até meio… interessante?) está disposto a inventar um monte de confusões para si mesmo e para quem mais estiver ao seu lado se isso significar uma chance de encontrar a irmã.

Mas será que esse garoto é mesmo um herói? Ou só um maluco em uma busca desesperada para resolver os problemas de sua família complicada enquanto tenta lidar com as próprias tendências obsessivo-compulsivas? A questão é que agora Zoe já está envolvida demais no mundo de Digby para voltar atrás…

Uma mistura de Sherlock Holmes, Veronica Mars e Ferris Bueller, Digby é tão irritante quanto carismático, e, como Zoe, você não vai conseguir recusar seu convite para se juntar a essa investigação, não importa o que esteja em risco

Comente  
Instagram

O AUTOR

Nasceu em Manila, cresceu em Hong Kong, se formou na Universidade da Pensilvânia e trabalhou como roteirista em Los Angeles. Atualmente faz doutorado em literatura inglesa na Universidade de Toronto e mora em Winnipeg com o marido e o filho.

Página do autor +

LEIA TAMBÉM