Como Sobreviver Sendo uma Menina

Como Sobreviver Sendo uma Menina

Coleção Trilogia O Último Policial

Autor: BERNADETTE COSTA-PRADES & EMMANUELLE RIGON

Preço: R$ 23,50

140 pp. | 14x22,5 cm

ISBN: 9788532522368

Assuntos: Comportamento

Selo: Editora Rocco

Depois de Como sobreviver em família e Como sobreviver sendo um menino, a coleção Altas Ajudas, da Rocco Jovens Leitores, ganha um título voltado especialmente para as meninas. Afinal, elas merecem! “Fiquei menstruada, e não achei a menor graça…”, “Eu não quero ir à piscina com os meninos”, “Não posso escolher minhas roupas”, “Meus pais preferiam um menino”, “Minhas amigas só vivem falando de ficar, namorar, mas eu ainda não me interesso muito por isso”, “Meu irmão pode fazer tudo, eu não!”. A lista de reclamações é enorme. Mas, com as dicas simples e eficazes de Como sobreviver sendo uma menina, crescer pode ficar bem menos complicado.

Escrito pela jornalista Bernadette Costa-Prades em parceria com a psicóloga Emmanuelle Rigon, o manual aborda assuntos diversos de forma clara e direta. Há espaço para questões cotidianas que envolvem a família e a escola, comportamento sexual, auto-estima, relação com as outras meninas e a eterna guerra dos sexos, que na pré-adolescência atinge o auge da contradição (não deve ser à toa que o capítulo “Eu acho que os meninos são uns completos idiotas…” é seguido por “Estou apaixonada por ele, mas tenho vergonha de confessar…”). Tudo isso tratado com naturalidade, bom senso e, principalmente, respeito aos sentimentos e à inteligência da garotada.

Com linguagem leve e acessível, o livro traz dicas práticas e ilustrações bem-humoradas para facilitar o dia-a-dia das meninas. Na seção “Agora é com você”, os autores sugerem pequenas ações que podem trazer grandes resultados para cada situação. No fim de cada capítulo, tem ainda uma “Dica legal” para arrematar o que foi dito e reforçar a confiança das leitoras. O resultado é um livro completo, divertido, fácil de ler, que pode ser consultado a qualquer hora não só pelas meninas, mas também por pais, mães ou qualquer pessoa que queira entendê-las melhor.

Em Como sobreviver sendo uma menina, os pequenos e grandes desafios das meninas se transformam em importantes descobertas. E, apesar de todas as dificuldades do caminho, no fim elas concordarão com o que as autoras dizem logo no prefácio: “Ser menina é genial!”

Comente  
Instagram

O AUTOR

Bernadette Costa-Prades, jornalista, é autora de vários documentários sobre jovens e já publicou alguns livros sobre o assunto. Emmanuelle Rigon é psicóloga clínica de crianças e famílias. Em Como sobreviver sendo uma menina, elas dão conselhos preciosos para que as meninas cresçam de forma equilibrada e tranqüila.

Página do autor +