Como Conhecer Deus

Como Conhecer Deus

Coleção Dorothy tem que morrer

Autor: DEEPAK CHOPRA

Preço: R$ 49,50

384 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1218-6

Assuntos: Autoajuda, Religião/Espiritualidade

Selo: Editora Rocco

Deus existe! Noventa e seis por cento dos habitantes deste planeta acreditam nEle. E todas as pessoas têm, objetivamente, meios de chegar a Ele, pois está ao alcance da mente, da voz, dos anseios, das necessidades e dos louvores. Isto não é pregação de um evangelista da TV, um pastor, um padre, um sujeito que distribui folhetos religiosos na esquina. Quem diz é Deepak Chopra. Em seu novo livro, Como conhecer Deus – a jornada da alma ao mistério dos mistérios, ele reconhece que as ciências não têm ferramentas para prová-lo experimentalmente, mas escreve: "Em vez de Deus ser uma projeção imaginária e ampla, é o único ser verdadeiramente real, e todo o universo, apesar de sua imensidão e solidez, é uma projeção da natureza de Deus."

A visão de Chopra sobre Deus não é a que normalmente se tem no Ocidente. "Como Deus é infinito, chamar a divindade de Ele ou Ela é apenas uma convenção humana. Muito mais importante é a noção de que, se Deus tem uma presença, significa que pode ser vivenciado. Ele pode ser reconhecido." Além disto, ele acha, Deus não é o Deus de uma religião em particular; não é monoteísta, não é panteísta, não é politeísta, antes cada religião é uma forma de manifestação da divindade.

Para chegar a Ele, de maneira até empiricamente demonstrável, o homem precisa passar por uma "zona de transição" onde Deus e os seres humanos se encontram num plano comum. "Em algum lugar milagres ocorrem, juntamente com visões sagradas, anjos, iluminação e o som da voz de Deus. Todos esses fenômenos extraordinários abarcam dois mundos: são reais e, no entanto, não fazem parte de uma causa e efeito previsível." O livro é uma espécie de escada, na qual Deepak Chopra aponta, degrau por degrau, um caminho "científico", digamos assim, de se chegar ao Criador, nas diversas formas em que Ele se manifesta em cada religião.

O livro foi saudado entusiasticamente por homens da política (entre eles Mikhail Gorbachev), das ciências (como Candace B. Pert, da Escola de Medicina da Universidade de Georgetown) e das religiões, entre eles padres, rabinos, místicos e sábios das religiões orientais. Robert Thurman, professor de religião da Columbia University, escreveu que se trata do "mais importante livro sobre Deus da nossa época", pois Chopra "constrói uma escadaria mágica que nos permite ascender à crucial experiência do sagrado, mantendo nossa perspectiva científica e o coração e a mente para sempre abertos".

Comente  
Instagram

O AUTOR

Deepak Chopra é autor de mais de cinquenta livros, muitos deles incluídos nas listas dos mais vendidos do New York Times, nas categorias ficção e não ficção. Com obras traduzidas para mais de 35 idiomas, Chopra é fundador e presidente da Aliança para a Nova Humanidade. Indiano radicado nos Estados Unidos desde a década de 1970, ele foi eleito pela revista Time um dos cem heróis e ícones do século.

Página do autor +