Começar de Novo

Começar de Novo

Coleção Guias Cinematográficos Harry Potter

Autor: DEIRDRE BAIR

Preço: R$ 54,00

384 pp. | 14x21 cm

ISBN: 9788532525383

Assuntos: Reportagem/Relatos

Selo: Editora Rocco

Fenômeno cada vez mais frequente na sociedade ocidental, o divórcio na terceira idade intriga os especialistas em relações humanas, que o creditam, principalmente, às conquistas profissionais femininas consagradas a partir da década de 1970. O que leva alguém com mais de trinta anos de convivência desistir de relacionamentos sólidos e o choque que as separações trazem às famílias e a todos que se relacionam com os ex-casais são destaques em Começar de novo – o divórcio na terceira idade, da americana Deirdre Bair. Com depoimentos colhidos em 400 entrevistas, o livro não busca respostas, mas apresenta os motivos dos que desafiam o comodismo e decidem partir em busca de projetos pessoais, novos amores ou da tranquilidade que não experimentavam ao lado de companheiros insatisfeitos – ou insatisfatórios.

Se a esses casais não falta imaturidade ou intolerância, a grande diferença deles para os que mantiveram casamentos duradouros em outras épocas é a vontade de recomeçar a vida, sem se importar com a faixa etária. A infidelidade não é nem o principal motivo para essas separações tardias, embora ainda tenha um peso importante. A ausência de interesses comuns além dos cuidados com os filhos talvez seja o que pese mais para determinar o fim dos casamentos – geralmente uma iniciativa feminina.

Nos relatos dos ex-casais e de seus filhos surgem histórias semelhantes às que o leitor encontra entre seus próprios conhecidos. Algumas têm toques mais dramáticos, como as que contam os abusos físicos e morais a que muitas mulheres são submetidas. Embora muitas recordações pareçam sofridas, boa parte dos divorciados se apresenta como feliz ou, no mínimo, aliviado por haver encerrado o casamento. A redescoberta da vida independente traz satisfação maior para muitos entrevistados do que ter uma vida conjugal de fachada, sem intimidade ou companheirismo.

Os únicos casais que têm nomes revelados são os ricos, que negociam divórcios milionários com cobertura da imprensa. A insatisfação e as razões apresentadas na Justiça para o fim dos casamentos, no entanto, são bastante semelhantes às dos que enfrentam dificuldades para dividir patrimônios pequenos e conquistados com esforço. A principal diferença é que os homens tomam a frente dos divórcios, a maior parte das vezes por estarem envolvidos em relações extraconjugais com mulheres mais jovens, com as quais desejam casar-se o quanto antes.

A sobriedade do texto de Deirdre Bair permeia até as recordações dolorosas de quem passou anos sendo desrespeitado no próprio lar. A maioria dos entrevistados procurou preservar os filhos dos problemas dos casais. Já os filhos adultos se mostram atônitos, em boa parte das vezes, com a decisão dos pais, mostrando-se magoados, tomando partido do que é abandonado ou até repetindo o comportamento dos que traem e mantêm longos relacionamentos fora do casamento.

Deirdre Bair prefere expor os processos de estranhamento que levam às separações através das narrrativas dos que vivenciaram as situações, sem apresentar conclusões próprias. Ao buscar apoio nos que analisam os aspectos da vida conjugal no terceiro milênio, ela relata que os casais maduros, geralmente, sentem-se mais seguros ao iniciar uma vida sem os companheiros porque contam com aposentadorias ou pensões, não precisam mais sustentar os filhos e nem estão preocupados em construir um patrimônio. E percebe que a expectativa de vida cada vez maior permite recomeços e a procura da felicidade em qualquer faixa etária.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Deirdre Bair recebeu o National Book Award pelo seu livro Samuel Beckett: uma biografia. Suas biografias de Anais Nin e Simone de Beauvoir também foram finalistas do prêmio e a biografia de C.J. Jung recebeu o Gradiva Award da Associação Nacional para o Avanço da Psicanálise. Jornalista literária e professora de literatura comparada, Bair divide seu tempo entre Nova York e Connecticut.

Página do autor +