Cantiga de Sangue

Cantiga de Sangue

Coleção Coleção Os Romanov

Autor: MELVIN BURGESS

Preço: R$ 54,50

320 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2737-0

Assuntos: Fantasia, Ficção – Romance/Novela, Ficção Científica/Distopia

Selo: Editora Rocco

Como imaginar um mundo em que mitos se tornam realidade? Cantiga de sangue, do escritor britânico Melvin Burguess, faz um retrato perturbador de como seria esse mundo. Mesclando realismo fantástico e ficção científica, o autor apresenta um mundo apocalíptico, habitado por deuses mitológicos e dividido entre a herança de antigos valores e o advento de uma tecnologia que ameaça a existência humana.

Conduzindo o leitor por uma Inglaterra destroçada pela guerra nuclear, Burgess apresenta Sigurd, um protótipo de herói, filho de uma linhagem real que tem seu destino traçado desde o nascimento. O propósito central de sua vida é derrotar Fafnir, um rei tirano cuja maldade e ambição o transformaram, fisicamente, numa máquina de guerra indestrutível com a aparência de um dragão.

Como um Dom Quixote futurístico, Sigurd segue o desígnio de matar a criatura e pôr fim ao seu domínio sobre os homens, passeando por uma paisagem de destruição, em que, graças aos avanços da engenharia genética e quântica, humanos dividem o ambiente com seres híbridos – meio homens e meio animais – e divindades, sejam elas originárias de universos mágicos ou criadas por poderosas máquinas.

Muito além da luta para libertar um povo da miséria e da tirania, o que realmente parece estar em constante conflito são duas realidades distintas: a natureza, a tradição, os valores arraigados versus o progresso, a tecnologia e a racionalidade. O resultado desse embate é uma civilização à deriva, convivendo numa espécie de Idade Média em plena era cibernética.

Esses universos contraditórios entram constantemente em choque, criando um mundo deformado, em que deuses e homens medem força e emoções humanas são geradas artificialmente. Exemplo dessa tensão é a visita – ilustrada por Burguess de uma forma profundamente prosaica e inventiva – do deus Odin a Sigmund Volson, pai de Sigurd; na cena, Sigmund, nu, persegue Odim pela casa depois de o ter ferido com a faca do próprio deus.

A trama se desenvolve em paralelo à trajetória heroica de Sigurd. Enquanto busca cumprir a missão de trazer paz e prosperidade a seu povo, ele se vê numa encruzilhada: escolher entre possuir o poder de deuses ou preservar sua própria humanidade. Nesta fábula sobre desencanto e esperança, o herói terá que vencer seu próprio destino.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Melvin Burgess escreve livros para crianças e adolescentes há mais de 15 anos. Reconhecido por quebrar tabus e tratar de temas típicos do universo jovem e com humor e sem preconceitos, ganhou honrarias como a medalha Carnegie e o prêmio Guardian de ficção infantil. Seu primeiro título a chegar ao Brasil, Mandando ver, inspirou a série de televisão Life as we know it e ganhou prêmio de melhor ficção para jovens da Associação de Bibliotecas Americanas (ALA). O autor vive em Manchester, Inglaterra, com a esposa e os filhos.

Página do autor +