As Brincadeiras do Pequeno Nicolau

As Brincadeiras do Pequeno Nicolau

Coleção Histórias Inéditas do Pequeno Nicolau

Autor: RENÉ GOSCINNY & JEAN-JACQUES SEMPÉ

Preço: R$ 20,00

144 pp. | 14x20,5 cm

ISBN: 978-85-7980-028-3

Assuntos: Infantil, Juvenil, Rocco Jovens Leitores

Selo: Rocco Jovens Leitores

Segundo de uma série de oito livros com aventuras inéditas do clássico francês O Pequeno Nicolau, que soma mais de 13 milhões de exemplares vendidos em 37 idiomas, As brincadeiras do Pequeno Nicolau chega às prateleiras de todo o Brasil pela Rocco, trazendo as novas traquinagens do célebre personagem criado por René Goscinny e Jean-Jacques Sempé em 1959, para deleite dos fãs e de novas gerações de leitores.

Editadas em meio às comemorações pelos 50 anos da série, em 2009, pela filha do escritor, Anne Goscinny, em parceria com o ilustrador Sempé, as histórias inéditas ultrapassaram a marca de um milhão de exemplares vendidos na França. Alçado ao posto de celebridade nacional em seu país, o popular personagem ganhou ainda as telas de cinema no longa O Pequeno Nicolau, dirigido por Laurent Tirard, sucesso de público e crítica inclusive no Brasil, onde permaneceu em cartaz por mais de três meses.

As brincadeiras do Pequeno Nicolau retrata as peripécias cotidianas de Nicolau e seus camaradas, sempre permeadas pela deliciosa e surpreendente lógica infantil e temperadas pelas observações perspicazes do narrador-personagem, um garoto cheio de vida e senso de humor.

Assim como em A volta às aulas do Pequeno Nicolau – primeiro dos oito volumes com histórias inéditas –, são 16 capítulos que resgatam toda a alegria, ternura e espontaneidade da infância através de situações que atravessam fronteiras e falam direto ao coração de crianças e adultos de todas as idades, como as broncas do inspetor na hora do recreio, as excursões com a turma, as disputas e pequenas trapaças entre amigos, o drama do dever de casa… Mas acima de tudo o grande companheirismo entre eles e uma enorme vontade de brincar e, simplesmente, ser criança.

PERSONAGENS:

Nicolau: o protagonista da série vive com o pai e a mãe num ambiente afetuoso. Aluno mediano, ele se diverte brincando com os amigos, pregando peças e chanteando os pais para não fazer o dever de matemática. Generoso, ele adora comprar presentes para a mãe quando tem um pouco de dinheiro. Suas boas intenções, no entanto, acabam se transformando em pequenas e hilárias catástrofes. Para Goscinny, ele tem entre seis e dez anos.

Alceu: melhor amigo de Nicolau. É o guloso da turma, troca qualquer coisa por um lanche. Com ele, Nicolau se diverte sempre, mesmo quando discute.

Clotário: o último aluno da classe. Vive de castigo na hora do recreio.

Godofredo: o riquinho da turma, mimado, tem os melhores brinquedos e vive usando fantasias de super-herói. Ganha lugar de destaque nestas histórias inéditas, pois recebe, pela primeira vez, Nicolau em sua casa.

Eudes: metido a valentão, ele adora distribuir socos para impressionar os colegas. Mas é um bom amigo.

Agnaldo: o primeiro da turma, gozado pelos colegas por ser o “xodozinho da professora”. Nicolau não gosta muito dele.

Joaquim: ele é um ás com a bola de gude, não perde uma jogada.

Rufino: ele faz muita bobagem, mas será policial, como seu pai.

Comente  
Instagram

O AUTOR

René Goscinny nasceu em Paris, no dia 14 de agosto de 1926. Emigrou com a família para a Argentina, onde estudou no Colégio Francês de Buenos Aires. Regressando à França no início da década de 1950, Goscinny cria uma verdadeira galeria de heróis lendários. Em parceria com Jean Jacques-Sempé, concebe as aventuras do Pequeno Nicolau, inventando um linguajar de criança que assegurará o sucesso do célebre estudante. Depois, em colaboração com Alberto Uderzo, cria Asterix, traduzido em 107 línguas e dialetos e uma das obras literárias mais lidas do mundo, e outros sucessos como Lucky Luke, com Maurice de Bévère, Iznogoud, com Jean Tabary, Les Dingodossiers, com Marcel Gotlib etc. No comando da revista Pilote, revolucionou as histórias em quadrinhos. E realizou algumas obras-primas do desenho animado à frente dos Studios Idèfix, junto com Uderzo e Georges Dargaud. Goscinny faleceu em 5 de novembro de 1977. Sobre O Pequeno Nicolau, declarou: “Tenho um carinho muito especial por esse personagem”.

Página do autor +