As 48 Leis do Poder – Edição Concisa

As 48 Leis do Poder – Edição Concisa

Coleção Trilogia O Último Policial

Autor: ROBERT GREENE

Preço: R$ 34,90

272 pp. | 12x16,5 cm

ISBN: 978-85-325-2166-8

Assuntos: Administração & Negócios/Economia, Liderança/Desenvolvimento Pessoal

Selo: Editora Rocco

Como conseguir aquela promoção tão esperada? O que fazer para conquistar a admiração dos colegas de trabalho e neutralizar quem vive tentando "puxar o seu tapete"? Como ser o "queridinho" do chefe sem parecer um "puxa-saco" aos olhos alheios? A resposta para estas e tantas outras perguntas está no relançamento da Rocco, em versão concisa, do best-seller de Robert Greene As 48 leis do poder, sucesso desde que chegou às livrarias em 2000.

Segundo o autor, "Ninguém quer menos poder; todos querem mais." São poucos, porém, os que sabem o que fazer para alcançá-lo. O leitor aprende nesse "manual das artes da dissimulação" – porque a habilidade de dominar as emoções é o fundamento básico do poder – a manipular pessoas e situações para alcançar seus objetivos. E descobre por que alguns conseguem ser tão bem-sucedidos, enquanto outros estão sempre sendo passados para trás. "O homem que tenta ser bom o tempo todo esta fadado à ruína entre os inúmeros outros que não são bons", já dizia o diplomata Nicolau Maquiavel, autor do clássico O príncipe, que esmiúça os papéis e a ética que um governante deve ter no poder e para permanecer nele.

"O poder é um jogo social. Para aprender a dominá-lo, você deve desenvolver a capacidade de estudar e compreender as pessoas", ensina Greene. Um erro capital na escalada para o sucesso, por exemplo, é querer ser melhor do que o chefe. "Faça sempre com que as pessoas acima de você se sintam confortavelmente superiores. (…) Faça com que seus mestres pareçam mais brilhantes do que são na realidade e você alcançará o ápice do poder", instrui o escritor no capítulo "Não ofusque o brilho do mestre". "Oculte suas intenções", "Faça os outros trabalharem por você, mas sempre fique com o crédito" e "Despreze o que vier de graça" são algumas das demais leis propostas e analisadas pelo autor.

Robert Greene oferece em As 48 leis do poder um verdadeiro "caminho das pedras", recorrendo a fábulas diversas e a episódios reais da História para ilustrar casos de triunfo e de fracasso revelados à luz de suas regras, além de usar e abusar de citações. Assim, o leitor acaba por mergulhar na cartilha através das águas de estrategistas como Sun-Tsu, estadistas como Bismarck e Napoleão, pensadores como Montaigne, filósofos como Nietzsche e Schopenhauer, artistas como Da Vinci, escritores como Balzac e Tolstói e até mesmo sedutores como Casanova. Os textos abarcam um período de mais de três mil anos e foram pinçados em civilizações tão distintas quanto a ancestral China e a Itália do Renascimento.

E, para quem pensa que participar de jogos de poder é uma prática moralmente condenável, Greene alerta que não adianta querer ficar de fora, afinal, o mundo é como um imenso cassino, o lugar das dissimulações, e todos nós temos fichas apostadas nele. Quanto mais rápido você descobrir as regras do jogo, maiores serão as suas chances de sucesso – só que é preciso jogar. Só ganha na loteria quem marcar as seis casinhas. Por fim, um conselho definitivo do autor para quem almeja os louros da glória: "Estudando as leis neste livro, você vai compreender o que é o poder e as suas propriedades. E ao colocá-las em prática, você será capaz de prosperar no mundo moderno, com ar de modelo de decência, mas sendo um consumado manipulador."

Comente  
Instagram

O AUTOR

Robert Greene nasceu em Los Angeles. É formado em estudos clássicos. Foi editor da Esquire, entre outras revistas, e é dramaturgo. Mora em Los Angeles e trabalhou como roteirista em Hollywood. Em 1995, esteve envolvido na criação da escola de arte Fabrica, em Veneza, na Itália. Lá, conheceu o famoso designer Joost Elffers e discutiu com ele a idéia de um livro sobre poder e manipulação, uma espécie de versão moderna de O príncipe, de Maquiavel. Os dois se tornaram parceiros e deram à luz ao livro As 48 leis do poder, bestseller que a Rocco lançou no Brasil e que tornou Greene mundialmente conhecido.

Página do autor +