A Rede da Flor

A Rede da Flor

Coleção Dublin Murder Squad

Autor: LISA SEE

Preço: R$ 39,00

348 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-1122-8

Assuntos: Ficção – Romance/Novela

Selo: Editora Rocco

Liu Hulan é inspetora do Ministério de Segurança Pública da China e David Stark, subprocurador dos Estados Unidos. Doze anos depois de terem sido amantes, eles estão novamente juntos para desvendar dois crimes ocorridos em seus países e aparentemente ligados entre si. Esta é a trama de A rede da flor, romance de estréia da escritora sino-americana Lisa Lee.

O livro é muito mais do que uma obra policial na linha "descubra o assassino". Lisa See utiliza seus conhecimentos do submundo oriental para traçar um amplo painel da China contemporânea, de seus problemas internos e de seus conflitos com o Ocidente. E, com faro jornalístico, revela o perigoso mundo das Tríades — organizações criminosas chinesas que financiam imigrações ilegais para a Europa e os EUA. Em troca, os clandestinos são forçados a trabalhar para as quadrilhas em regime escravo.

Uma trama mais do que atual, com a recente descoberta de 58 chineses mortos num caminhão frigorífico no porto de Dover e as denúncias de atuação da Máfia chinesa em São Paulo. No livro, o navio Peônia da China é encontrado vagando pelo litoral da Califórnia, sem tripulação. A bordo, centenas de imigrantes chineses à beira da morte e um cadáver ilustre: o de Guang Henglai, filho de Guang Mingyun, membro de uma das cem famílias mafiosas que dominam a China. Henglai foi assassinado com um veneno que provoca hemorragia interna, a mesma substância que matou semanas antes Billy Watson, filho do embaixador dos EUA na China.

Apesar das tempestuosas relações entre os dois países, Liu Hulan e David Stark passam a trabalhar juntos para desvendar o mistério. Eles tiveram um intenso romance quando ela estudava nos Estados Unidos, antes de voltar para a China sem nunca mais dar notícias. O casal se envolve com as Tríades, o contrabando de órgãos de animais e a corrupção de governos para desvendar segredos que nunca deveriam ter sido revelados. Até para eles.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Lisa See foi correspondente na Costa Oeste americana da Publisher’s Weekly. Em 1996, lançou seu primeiro livro, On golden mountain, as elogiadas memórias da saga de sua família sino-americana, best-seller nos EUA. Ruiva, com apenas um oitavo de sangue chinês, Lisa tem na cultura dos antepassados orientais suas referências como escritora. Ela estreou na ficção em 1997, com A rede da flor, indicado para o Edgar Award como melhor romance de estréia daquele ano.

Página do autor +