À procura da própria coisa: uma biografia de Clarice Lispector

Autor: Teresa Montero

768 pp. | 16x23 cm

Assuntos: biografia, não ficção

Selo: Editora Rocco

Impresso

ISBN: 978-65-5532-177-7

Preço: R$ 119,90

À procura da própria coisa: uma biografia de Clarice Lispector é fruto da edição revista e aumentada de Eu sou uma pergunta (Rocco, 1999) somada a três décadas de pesquisas da professora Teresa Montero.

Entre o expressivo material inédito de natureza documental e iconográfica, cumpre destacar raridades: a única entrevista de Clarice Lispector em seu apartamento no Leme, filmada pela TVE e conduzida por Araken Távora para o programa Os Mágicos (em 1976); e as fichas de Clarice registradas pela Polícia Política entre 1950 e 1973, garimpadas no APERJ e no Arquivo Nacional. Estas revelam novos aspectos de sua participação nos movimentos contra a ditadura militar no Brasil.

Por outro lado, a trajetória literária de Clarice Lispector ganha nova luz, em particular com o relato detalhado de sua última viagem ao Recife (também documentada em imagens inéditas), material que oferece reflexões sobre a composição de sua obra mais popular, A hora da estrela. Os bastidores da criação de A paixão segundo G.H.e Água viva, somados à faceta da escritora como crítica literária na revista Senhor, são outras preciosidades reveladas neste volume.

Livro que mostra a construção de uma biografia como resultado de um trabalho coletivo, Teresa Montero destaca a importância dos arquivos públicos e dos pesquisadores na preservação do patrimônio cultural e do legado clariceano. Ela apresenta Clarice como uma mulher cuja obra serve de base para se poder mais profundamente sentir e pensar.

Teresa Montero é, sem dúvida alguma, uma das maiores especialistas na vida (e também na obra) de Clarice Lispector. Publicou, em 1999, uma biografia seminal, Eu sou uma pergunta, fruto de sua dissertação de mestrado em Literatura Brasileira na PUC-Rio, que serviu de referência para as biografias de outros autores que a sucederam, pois teve oportunidade de entrevistar em primeira mão mais de oitenta pessoas que conviveram com Clarice, a maioria das quais falecidas desde então. Promotora de passeios culturais que culminaram na publicação de O Rio de Clarice: Passeio afetivo pela cidade, Teresa Montero foi também responsável por importantes iniciativas públicas de reconhecimento do legado clariceano, ao lado de outras personalidades, tais como a implantação de sua estátua no Leme (de autoria de Edgar Duvivier), e a criação do Espaço Clarice Lispector no Jardim Botânico. Organizou diversas coletâneas do legado clariceano para a Rocco, tais como Correspondências, Minhas queridas, Aprendendo a viver e Outros escritos (com Lícia Manzo). Também co-roteirista do longa-metragem A descoberta do mundo de 2021, dirigido por Taciana Oliveira.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Teresa Montero é, sem dúvida alguma, uma das maiores especialistas na vida (e também na obra, evidentemente) de Clarice Lispector. Publicou, em 1999, uma biografia seminal, Eu sou uma pergunta, fruto de sua tese de mestrado em Literatura Brasileira na PUC-Rio, que serviu de referência para as biografias de outros autores que a sucederam, pois teve oportunidade de entrevistar em primeira mão mais de oitenta pessoas que conviveram com Clarice (a maioria das quais falecidas desde então), notadamente sua irmã Tania Kaufmann e sua amiga e colaboradora, Olga Borelli. Promotora de passeios culturais que culminaram na publicação de O Rio de Clarice: Passeio afetivo pela cidade, Teresa Montero foi também a maior responsável por importantes iniciativas públicas de reconhecimento do legado clariceano, tais como a implantação de sua estátua no Leme (de autoria de Edgar Duvivier), e a criação do Espaço Clarice Lispector no Jardim Botânico. Organizou diversas coletâneas do legado clariceano para a Rocco, tais como Correspondências; Minhas queridas; Aprendendo a viver  Imagens (com Luiz Ferreira); Outros escritos (com Lícia Manzo). Foi também co-roteirista do longa-metragem A descoberta do mund (2015), dirigido por Taciana Oliveira.

Página do autor +

LEIA TAMBÉM