A Língua dos Pássaros

A Língua dos Pássaros

Coleção Biblioteca Hogwarts

Autor: STEPHEN KELMAN

Preço: R$ 39,50

264 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2731-8

Assuntos: Ficção – Romance/Novela

Selo: Editora Rocco

Disponível em e-book

Preço: R$ 25,50

E-ISBN: 978-85-81221-50-2

Cena um: Harrison Opoku, um pré-adolescente de onze anos, podia ver o sangue escorrendo na porta da lanchonete Chicken Joe’s, a faixa da polícia pedindo isolamento total, e o cadáver do colega estirado no chão. Compassivo, o rapazote reza em silêncio pelo menino esfaqueado e esboça um pedido de desculpas. Jordan, outro colega, e também habituado a cometer pequenos furtos, o acompanha. Instintivamente, ambos apostam uma corrida até suas casas vizinhas. Cena dois: no enterro, que se realiza num dia chuvoso e cinzento, os garotos se aventuram a especular sobre quem poderia ter cometido o crime. Dean, outro amigo de Harri, acredita que um assassino sempre volta e dá um pulinho no velório, passando bem na frente dos policiais, por pura provocação.

Com uma narrativa cinematográfica e repleta de diálogos, A língua dos pássaros, romance de estreia do escritor inglês Stephen Kelman, foi finalista do Man Booker Prize em 2011, um dos mais importantes prêmios literários do mundo, e do Guardian First Book Award. Construída a partir das impressões e da linguagem de um grupo de garotos que vivem na periferia de Londres, a trama se desenvolve quando Harri, percebendo a dificuldade dos policiais de conseguirem a colaboração da comunidade para a elucidação do crime, resolve investigar por conta própria o assassinato. O que parecia uma brincadeira de adolescentes no dia do enterro se torna assunto sério e coloca em risco a segurança de sua família.

Mas a atmosfera de romance policial é apenas um dos atrativos do romance. A narrativa em tom cortante e seco constrói um painel do universo juvenil utilizando os códigos de linguagem estabelecidos pelos adolescentes em conflito. Com precisão e sensibilidade, o autor mergulha num mundo desprovido de recursos, retratando com maestria as gírias e manias dessa idade, suas “listas”, suas obsessões por frases e palavras de duplo sentido, a sexualidade emergente e o desejo de violência, expresso em palavras e ações. Forçando a todo momento o limite da sua inocência, o protagonista Harri tenta se enquadrar neste universo. Mas ele é um menino diferente daqueles que o rodeiam e que fazem parte da gangue da Dell Farme.

Originário de Gana e recém-imigrado para a Inglaterra, Harri vive com a mãe e a irmã mais velha, Lydia, e realiza nas ruas de Londres suas primeiras descobertas convivendo com marginais, ladrões e traficantes. Mas nem todas elas são agradáveis. Apaixonado por pássaros, em especial por pombos, o adolescente parece ouvir conselhos de um deles, que o visita em sua varanda. É o pombo, semelhante a uma voz interior, que guia seus passos rumo a ações mais maduras.

Mais do que o retrato desolador de uma metrópole desigual, Stephen Kelman constrói um comovente romance de formação, expondo a dureza de um cotidiano em um mundo pleno de crueldade pelos olhos de um garoto que tem no amor pelos pássaros e pelas pessoas uma forte motivação de vida. Este menino sonhador inevitavelmente se choca com a sociedade em que vive, mas ao guardar dentro de si algo lúdico em sua visão de mundo, descobre-se ainda capacitado para realizar ações nobres.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Sthephen Kelman nasceu em Luton, Inglaterra, em 1976. Decidiu tentar a carreira literária em 2005. A língua dos pássaros, seu primeiro romance, foi finalista em prêmios como o Man Booker Prize, o Guardian First Book Award e o Desmond Elliot Prize.

Página do autor +