A Fronteira de Cristal

A Fronteira de Cristal

Coleção O legado de Orïsha #1

Autor: CARLOS FUENTES

Preço: R$ 28,00

248 pp. | 14x21 cm

ISBN: 85-325-0967-3

Assuntos: Ficção – Romance/Novela

Selo: Editora Rocco

Um romance fragmentado em nove contos que revelam a agonia e a alegria dos mexicanos que vivem imprensados na fronteira entre México e Estados Unidos, ou que tentam atravessá-la. Só mesmo Carlos Fuentes, autor de renome na literatura latino-americana e crítico audaz da política mexicana, escreveria A fronteira de cristal, ficção com alto teor de realidade, que faz um retrato pungente da divisão dos mundos: o primeiro e o terceiro, a opulência e a miséria.

A fronteira de cristal do título alinhava breves histórias sobre um mesmo poderoso clã mexicano, liderado por Leonardo Barroso, sujeito sem muitos escrúpulos que joga nos dois lados da fronteira, tornando-se um dos empresários mais ricos de seu país. Amores, decepções, ambições: tudo gira em torno de Leonardo, símbolo do poder, algoz e vítima das concessões que faz para manter os negócios em alta. Ali, no tênue limite entre México e Estados Unidos, é ele quem dita as leis. Promete uma afilhada para o filho, mas a moça, encantada pelo todo-poderoso, acaba se casando com o jovem apenas para tornar-se nora e amante do próprio Leonardo. Outro de seus afilhados, um estudante de medicina, tem o privilégio de estudar nos Estados Unidos à custa do padrinho. Na universidade, tem um caso amoroso com um rapaz americano, com data marcada para acabar. Os destinos de um e de outro guardam direções opostas para os dois, devido aos inevitáveis preconceitos de cor, origem e classe social.

Uma das histórias mais tocantes é a de Emiliano, irmão de Leonardo, que vive numa cadeira de rodas, abandonado pelos filhos, por ter lutado contra a opressão americana e contra seu próprio irmão, um vendedor de ilusões para operários mexicanos em troca de mão-de-obra barata. Num dos contos, Leonardo leva uma turma de empregados do México para Nova York, incumbidos de fazer a limpeza de um edifício de cristal no centro de Manhattan. Do lado de fora do prédio, num andaime, um operário mexicano se encanta por uma publicitária americana que trabalha no escritório. Em crise no casamento, ela se deixa levar pela figura do mexicano, os olhares se cruzam, e os dois trocam um beijo na janela, separados pelo vidro do edifício. Entre eles, o cristal, a fronteira de cristal, que deixa México e Estados Unidos tão perto e tão longe.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Filho de pais diplomatas, Carlos Fuentes, o mais prestigiado escritor mexicano, nasceu no Panamá, em 11 de novembro de 1928, e passou sua infância em diversas capitais da América. Na adolescência, regressou ao México, país onde se radicou até 1965 e que marcaria sua obra.

Página do autor +