A calça dos mortos

A calça dos mortos

Autor: IRVINE WELSH

432 pp. | 16x23 cm

Tradução: Ryta Vinagre

Assuntos: ficção estrangeira, romance

Selo: Editora Rocco

Impresso

ISBN: 978-65-5532-068-8

Preço: R$ 89,90

E-book

Preço: R$ 44,90

E-ISBN: 9786555950441

Se você mergulhou em uma Escócia underground e conheceu um grupo de garotos rebeldes em Trainspotting, no lançamento A calça dos mortos, Irvine Welsh vai te presentear com o retorno de um dos personagens mais marcantes que nos foi apresentado no livro mais importante de Welsh, que virou um sucesso cinematográfico em uma adaptação de 1996.

Mark Renton agora ganha muito dinheiro gerenciando DJs, mas as viagens constantes, saguões de aeroportos, quartos de hotel sem alma e relacionamentos superficiais o deixaram insatisfeito com sua vida. Um encontro casual com Frank Begbie, de quem ele se escondeu por anos após uma terrível traição e uma grande dívida, vai deixá-lo abalado. Mas o psicótico Begbie parece ter se reinventado como um artista famoso e – para a surpresa de Mark – não parece interessado em vingança.

Sick Boy e Spud, que têm planos próprios, ficam intrigados ao saber que seus velhos amigos estão de volta à cidade, mas quando eles entram novamente em mundo sombrio, as coisas começam a dar terrivelmente errado. Pulando de crise em crise, os quatro homens circulam entre si, movidos por suas histórias pessoais e vícios, confusos, com raiva. Um desses quatro não sobreviverá até o final deste livro, mas qual deles?

Acelerado, furioso, repleto de humor negro e estranhamente comovente, o mais novo romance de Irvine Welsh é a sequência direta de O artista da faca, que marca o retorno espetacular da gangue de Transpotting.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Humor e ironia causticamente refinados. Eis as marcas de Irvine Welsh, aclamado (e controverso) autor de romances, contos, peças e roteiros. Antes de ser escritor, foi técnico de TV, cantor e guitarrista de bandas obscuras de punk rock, e especulador imobiliário. Em 1993, publicou seu primeiro romance,Trainspotting, sobre o submundo dos jovens britânicos viciados em heroína. Sucesso de público e crítica, o livro ganhou as telas em 1996, pelas mãos do diretor Danny Boyle. Natural de Edimburgo, Escócia, Welsh afirma ter nascido em 1958. Outras fontes, porém, citam 1961, e mesmo 1951 — polêmica irrelevante. O que importa é o talento narrativo que o consagrou como um dos mais brilhantes autores britânicos surgidos nos anos 1990.

Página do autor +