Capa do livro Olho de Gato

Olho de Gato

Autor: margaret atwood

Tradução: Léa Viveiros De Castro

Preço: R$ 39,50

432 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2172-9

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA

Selo: Rocco

Elaine Risley está de volta a Toronto depois de anos afastada da cidade. Ela será homenageada com uma exposição de retrospectiva de seu trabalho como pintora – Elaine não gosta de ser chamada de artista. Enquanto circula pelas ruas antes tão conhecidas e luta para se acostumar com a idéia de ter chegado aos 50 anos, a pintora faz uma viagem ao passado, mais especificamente à infância vivida em Toronto - cidade em que se passa a maior parte das experiências da personagem criada pela escritora Margaret Atwood em Olho de gato, romance finalista do Booker Prize em 1989 que a editora Rocco manda para as livrarias no final de julho.

A autora canadense intercala os momentos de estranheza da Elaine de meia-idade prestes a ser homenageada com as descobertas da Elaine de nove anos, que passa por momentos perturbadores e marcantes na formação de sua personalidade. A história começa na estrada, no período da Segunda Guerra Mundial, quando, com os pais e o irmão mais velho, a garota circula pelo Canadá, sem endereço fixo, dormindo em hotéis e barracas. Quando está prestes a completar nove anos, a família instala-se em Toronto, em uma casa cercada de lama, como outras tantas.

Elaine precisa acostumar-se à nova realidade. Nunca havia morado em uma casa, tampouco estudado em um colégio ou freqüentado uma igreja. Para tentar se integrar, ela começa a prestar atenção em tudo, principalmente no comportamento de três amigas da escola: Carol, Grace e Cordelia. Com o tempo, acaba por se tornar vítima das maldades das ‘amigas’, que sempre acham que o seu comportamento é inadequado. Sem forças para ir contra as análises das outras meninas, Elaine desenvolve hábitos secretos para compensar o sofrimento - rói as unhas, tira a pele dos dedos dos pés ou arranca os cabelos.

A libertação demora a acontecer, pois, para ser aceita, Elaine se sujeita às crueldades das amigas, principalmente de Cordelia, por um longo período. Até o dia em que quase morre congelada depois de Cordelia jogar seu chapéu penhasco abaixo. A amizade é interrompida por alguns anos, mas as duas garotas acabam por se aproximar novamente quando ambas mudam para o mesmo colégio. A história, porém, inverte-se. Elaine está mais forte e é Cordelia quem parece inadequada, dando-se mal nas aulas e nos primeiros relacionamentos.

A amizade definha naturalmente e mais uma vez as duas se afastam, mas desta vez para sempre. Porém, a lembrança de Cordelia persegue Elaine vida afora. Margaret Atwood segue relatando as experiências de Elaine, no casamento, no nascimento da filha e no início da vida artística. Sem receio de causar um desconforto no leitor, Margaret Atwood descreve situações de maneira densa e realista, sem esconder as crueldades que as pessoas são capazes de cometer, independentemente da idade. 

Comente  
Instagram

O AUTOR

Uma das maiores escritoras de língua inglesa, Margaret Atwood foi consagrada com alguns dos mais importantes prêmios internacionais, como o Man Booker Prize (2000) e o Príncipe de Astúrias (2008), pelo conjunto de sua obra, além de ter sido agraciada com o título de Cavalheira de L’Ordre des Art et Lettres, na França. Tem livros publicados em mais de 30 idiomas e reside em Toronto, depois de ter lecionado Literatura Inglesa em diversas universidades do Canadá e dos Estados Unidos e Europa. Transita com igual talento pelo romance, o conto, a poesia e o ensaio, e se destaca por suas incursões no terreno da ficção científica, em obras como O conto da aia e Oryx e Crake, ambos publicados pela Rocco.

Página do autor +