Capa do livro Lágrimas

Lágrimas

Autor: ruth rendell

Tradução: Aulyde Soares Rodrigues

Preço: R$ 37,50

312 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2368-6

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA, POLICIAL

Selo: Rocco

A soma de mortes inesperadas com mistérios a serem lentamente desvendados mesclados a generosas doses de crítica social caracterizam os romances policiais da inglesa Ruth Rendell. Em Lágrimas, temas da atualidade, como tráfico de bebês e uma rede ilegal de mães de aluguel, dão o tom realista ao servirem de pano de fundo para uma trama em que crimes nem sempre são motivados por cobiça, mas também pelo egoísmo ou frustrações pessoais.

Mais uma vez é o inspetor Reginald Wexford quem comanda as investigações que mobilizam quase todas as equipes da delegacia de Kingsmarkham, a fictícia localidade próxima a Londres, cenário das aventuras do principal personagem de Ruth Rendell. Enquanto seu pessoal se empenha em descobrir os autores dos assassinatos de duas adolescentes, Wexford é o observador em permanente reflexão sobre as mudanças no perfil da população local e nos costumes dos que o cercam – incluindo sua própria família.

Em Lágrimas, o psicopata ensandecido dá lugar a um assassino frio, que não suja as mãos cometendo crimes, embora se envolva com quem não se importa em executá-los. O retrato da sociedade da Inglaterra contemporânea esboçado pela autora traz a interação entre pessoas oriundas de diferentes círculos sociais, o que, no entanto, não elimina o preconceito entre classes, que podem deixar de lado suas diferenças momentaneamente, por interesses sexuais.

Os policiais de Kingsmarkham, ao interrogarem suspeitos e parentes das vítimas, atuam como o olhar crítico da autora sobre os novos moradores da localidade, que recebe cada vez mais imigrantes de diferentes países da Comunidade Britânica. Há também os refugiados políticos das nações formadas após a dissolução da Iugoslávia, que não hesitam em procurar casamentos que garantam sua permanência no país onde buscaram abrigo, e os jovens de classe média que não procuram independência financeira pelo trabalho, preferindo ser sustentados pelos pais, enquanto os mais pobres continuam apostando na educação como fator de ascensão social.

Com pequenas tramas que se desenrolam paralelamente às investigações, a violência e os choques sociais descritos por Ruth Rendell são amenizados por momentos melancólicos e também por situações românticas. Embora o racismo e as novas estruturas familiares ainda deixem o inspetor Wexford atordoado – a filha grávida avisa que o filho será criado pelo ex-marido e por sua namorada, que é estéril –, Lágrimas relata o romance entre dois subordinados de Wexford. Uma subtrama folhetinesca, em que o amor suplanta a paixão e que leva o leitor a torcer por um bom desfecho, o que nem sempre é possível na vida real.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Nascida em 1932, a inglesa Ruth Rendell é uma das mais reconhecidas autoras de romances policiais da atualidade e se tornou uma voraz colecionadora de prêmios dedicados ao gênero em seu país. Diversas histórias suas foram filmadas, entre elas Live Flesh, que o cineasta espanhol Pedro Almodóvar transformou em Carne trêmula. Além do reconhecimento da crítica, os mais de 50 livros da escritora e jornalista atingiram enorme sucesso de público e se tornaram bestsellers com tradução em mais de 25 países.

Página do autor +