Capa do livro A Tinta

A Tinta

Coleção Bagunça

Autor: karen acioly

Ilustração: Nathalia Sá Cavalcante

Preço: R$ 26,00

28 pp. | 21x21 cm

ISBN: 978-85-61384-56-2

Assuntos: INFANTIL, ROCCO PEQUENOS LEITORES

Selo: Rocco Jovens Leitores

A premiada atriz, diretora e produtora de espetáculos infantis carioca Karen Acioly pinta o sete em seu novo livro, A tinta, terceiro volume da coleção Bagunça. Primeira ópera para bebês escrita no Brasil, Bagunça foi encenada em diversas capitais brasileiras com grande êxito de público e crítica e chegou ao papel no início de 2008, com a publicação de Chuveiro, seguida por Os bichos. A tinta, que a Rocco Jovens Leitores manda agora para as livrarias, é a terceira poesia do libreto, e promete encantar os pequenos com sua divertida narrativa “em bebelês”, seu ritmo ágil e suas ilustrações vibrantes.

A pinta, a tinta, o ponto, a ponta... Num jogo que brinca com os sons e o significado das palavras – que a cada página ganham novos arranjos e novas conotações –, a autora vai pintando um mundo de possibilidades, um mundo colorido pelos alegres desenhos de Nathalia Sá Cavalcante: “Pinto o pé, pinta o cabelo, Pinta a ponta, pinta a pinta. Pinta e ponto com a tinta.” O pinto e o galo também estão convidados a participar dessa algazarra: “O pinto também pinta. Pinta, pinto! Pinta o galo, Pinta então a tinta!” Assim, num desdobrar de sons e cores, o pequeno leitor é convidado a explorar um universo mágico e divertido onde uma palavra leva à outra, um som lembra outro, uma cor puxa outra, e não há limites para a imaginação.

Com partitura original de Roberto Bürgel, Bagunça foi indicada em oito categorias do prêmio Maria Clara Machado em 2003 e rendeu a Karen Acioly o de melhor direção. Cada livro da coleção Bagunça corresponde a uma das poesias do libreto, e todos trazem a orelha assinada por um dos mais conhecidos e aclamados escritores brasileiros, o pai do Menino Maluquinho, Ziraldo, que declara: “Karen Acioly se parece com o livro e a ópera infantil que fez e chamou de Bagunça. Ela descobriu que para falar com crianças, você tem que virar criança.” Impossível não virar criança lendo Chuveiro, Os bichos e A tinta. E ponto!

Comente  
Instagram

O AUTOR

Karen Acioly é uma inventora de histórias para livros, peças teatrais e filmes. Nasceu no Rio de Janeiro, onde fez teatro desde muito pequena. Estudou belas-artes e letras, mas se formou em comunicação e pós-graduou em metodologia do ensino superior.

Página do autor +