Capa do livro Todas as Coisas que Eu Já Fiz

Todas as Coisas que Eu Já Fiz

Trilogia Birthright

Autor: gabrielle zevin

Tradução: Maria Clara Mattos

Preço: R$ 44,50

384 pp. | 13,7x20,7 cm

ISBN: 978-85-7980-115-0

Assuntos: FICÇÃO CIENTÍFICA/DISTOPIA, JUVENIL, ROCCO JOVENS LEITORES

Selo: Rocco Jovens Leitores

Disponível em e-book

Preço: R$ 29,00

E-ISBN: 978-85-81222-20-2

Nova York não é um lugar bacana no ano de 2083. Chocolate e café são ilegais, a água é cara e os banhos não podem ultrapassar 90 segundos, a comida é racionada, ninguém tem permissão para ter celulares, e-mails são pagos e todos os menores de 18 anos têm de obedecer a um rígido toque de recolher. Depois de falar de vida após a morte no elogiado Em Outrolugar, que recebeu críticas positivas de publicações de prestígio como The Guardian e The New York Times, Gabrielle Zevin envereda pelo segmento da distopia em sua nova obra. E volta a tratar de temas profundos e instigantes com uma prosa ágil, repleta de diálogos afiados e bom humor. Primeiro volume da trilogia Birthright, Todas as coisas que eu já fiz foi considerado o melhor livro de 2011 nos EUA pelo site BookPage, na categoria juvenil.

Em uma cidade falida, onde as leis mudam com tanta rapidez que é difícil saber quando se comete uma infração, Anya Balanchine tenta apenas levar uma vida normal, ou tão normal quanto qualquer adolescente possa ter num ambiente altamente controlado. É a trajetória dessa jovem extraordinária, disposta a defender sua avó e seus irmãos a qualquer custo, nem que para isso tenha de abrir mão de seu grande amor e enfrentar o sistema e sua própria família, que a autora convida o leitor a conhecer.

Anya é filha de Leonyd Balanchine, um dos grandes chefões do crime organizado, cabeça da Balanchine Chocolate, responsável pela distribuição ilegal de chocolate e outras coisas mais, como tráfico de armas e operações pouco nobres no mercado negro. Leonyd morreu anos atrás, mas até hoje sua influência é sentida pela jovem, que apesar de querer distância dos negócios da família constantemente se vê recorrendo aos ensinamentos do pai para lidar com as situações que tem que enfrentar. E a vida de Anya não é fácil. Aos 16 anos, é ela quem cuida da avó, presa a uma cama, alimentada por tubos e definhando lentamente; do irmão, Leo, um doce rapaz de 19 anos com mentalidade de 8 desde que viu a mãe ser assassinada na sua frente; e da irmã Natty, 12 anos e verdadeiro prodígio da matemática. Entre as obrigações em casa e as tarefas da escola, Anya não tem muito tempo para se meter em encrencas sérias.

Mas tudo muda quando ela é acusada de envenenar com uma barra de chocolate seu ex-namorado, Gable Arsley. O rapaz espalhou boatos maldosos sobre Anya, razão mais que suficiente para a jovem ser considerada culpada, sobretudo quando é comprovado que a origem do chocolate está na família Balanchine. Sem nunca perder a cabeça e determinada a provar sua inocência, Anya começa a descobrir que por mais que tente é difícil fugir de sua herança: os Balanchine estão por trás de seus problemas com a lei, e ela se vê presa aos intricados negócios de seus tios e primos, gente que até gosta dela, mas que fará quase tudo para se dar bem e conseguir o que deseja.

A situação fica ainda mais complicada quando Anya se vê cada vez mais envolvida com Win Delacroix. Garoto romântico e encantador que faz lindos planos como, por exemplo, se casar com Anya, ele tem o grave defeito de ser filho de Charles Delacroix, promotor de Justiça que não quer saber de qualquer tipo de ligação com os Balanchine. Forçada a defender seus interesses e a tomar atitudes que vão contra o que acredita, cabe à menina proteger seus irmãos e impedir que seus parentes acabem destruindo uns aos outros. Nessa batalha, Anya terá a companhia de sua melhor amiga, Scarlet, mas terá que contar com seu próprio talento para a liderança e vocação para a estratégia para salvar o que ainda resta de sua família, em todos os sentidos, ainda que o preço a pagar seja alto demais.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Gabrielle Zevin nasceu em Nova York, em 1977. Escritora e roteirista, formou-se em Inglês e Literatura Americana na Universidade de Harvard, em 2000. Seu romance de estreia, Em Outrolugar, foi traduzido para mais de 20 línguas. 

Página do autor +