Capa do livro O 14º peixinho dourado

O 14º peixinho dourado

Autor: jennifer l. holm

Tradução: Rosa Amanda Strausz

Preço: R$ 34,90

192 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-7980-382-6

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA, CIÊNCIAS/NEUROCIÊNCIAS

Selo: Rocco Jovens Leitores

Disponível em e-book

Preço: R$ 22,90

E-ISBN: 978-85-7980-399-4

O que Galileu Galilei, Isaac Newton, Louis Pasteur e Marie Curie têm a ver com uma menina de 11 anos? A protagonista de O 14º peixinho dourado, livro da autora norte-americana Jennifer L. Holm, descobre de uma forma inesperada todo o encanto – e dificuldades – do ofício de cientista.
 
Com 11 anos, Ellie está passando por uma fase ruim. A escola já não é mais a mesma agora que sua melhor amiga Brianna só pensa na equipe de vôlei. Ela também não tem muita afinidade com os pais separados – uma professora de teatro e um ator em turnê. Sem talento para o esporte nem para os palcos, dedica seu tempo livre a montar quebra-cabeças complexos. Até que um estranho aparece no jardim de sua casa.
 
O desconhecido aparenta 14 anos, mas se veste como um velho. O motivo? O jovem impertinente, de cabelos longos e jaqueta de tweed, é o cientista Melvin Sagarsky, avô de Ellie, que, ao contrário do que indica a aparência, tem 76 anos de idade. Dedicado à pesquisa sobre as propriedades regenerativas da água-viva, Melvin acaba por regenerar a si mesmo utilizando o composto que criou a partir de uma espécie recém-descoberta do animal. Expulso do laboratório em que pesquisava, Melvin passa a dividir a casa com a filha e a neta.
 
O encontro entre as gerações rende momentos divertidos e que despertam no leitor o espírito aventureiro e questionador de um cientista. Entre referências às principais descobertas do século XX e momentos típicos de uma jovem de 11 anos, Jennifer L. Holm, autora ganhadora de um Eisner Award e por três vezes reconhecida com o Newbery Honor, escreve um libelo sobre o que é crescer, amadurecer e envelhecer.
 


Comente  
Instagram

O AUTOR

Jennifer L. Holm cresceu em uma família de médicos. Seu pai era pediatra e sua mãe, enfermeira pediátrica. Ela cresceu ouvindo o pai discursar sobre as maravilhas dos antibióticos e como a ciência poderia mudar o mundo. Hoje, Jennifer é autora bestseller do The New York Times. Já recebeu três Newbery Honors e colaborou com seu irmão, Matthew Holm, em duas séries de HQ, a premiada Babymouse e a bestseller Squish. Ela vive na Califórnia com o marido e os dois filhos.

Página do autor +