Capa do livro Os crimes da rua Morgue

Os crimes da rua Morgue

e outras histórias extraordinárias

Autor: edgar allan poe

Tradução: Clarice Lispector

Preço: R$ 29,90

224 pp. | 15,7x22,7 cm

ISBN: 978-85-68263-57-0

Assuntos: FICÇÃO – CONTO, TERROR, SUSPENSE

Selo: Fantástica Rocco

COMPRE O LIVRO

A vingança de um gato preto contra o dono cruel. As tormentas de um sobrevivente em um aterrorizante navio-fantasma. A paixão pelo vinho como armadilha para uma atroz cilada. A misteriosa doença que destrói os últimos descendentes de uma rica e importante família. A tétrica obsessão de um homem pelos dentes da prima. A amada que retorna da morte para ocupar o seu lugar de direito.
 
Em Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias, o macabro esconde-se em detalhes, no sobrenatural e na rotina de pessoas comuns ao trilhar um caminho tênue do incerto ao desconhecido, entre a vida e a morte, a sanidade e a loucura. Reunindo alguns dos mais importantes contos escritos, há quase dois séculos, pelo renomado autor norte-americano Edgar Allan Poe, o lançamento resgata obras-primas do terror e do suspense que influenciaram o estilo, o conteúdo e a estética das gerações seguintes não apenas na literatura, mas também em filmes, séries, games e histórias em quadrinhos.
 
Publicado pela primeira vez em 1841, na Graham’s Magazine, o conto que nomeia o livro, “Os crimes da rua Morgue”, traz a estreia de Auguste Dupin, considerado o primeiro detetive da literatura policial e do raciocínio dedutivo. O personagem viria a influenciar a criação de outros detetives ficcionais que também priorizam a razão, como os clássicos Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle, Arsène Lupin, de Maurice Leblanc, Hercule Poirot, de Agatha Christie, e o comissário Jules Maigret, de Georges Simenon.
 
 “Os crimes da rua Morgue” é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico.
 
Além das histórias de Poe, Clarice traduziu obras literárias de Jonathan Swift, Oscar Wilde, Júlio Verne, Jack London, Henry Fielding e Walter Scott, sem esquecer peças de teatro de dramaturgos como Lillian Hellman, Yukio Mishima, Henrik Ibsen, Carson McCullers e García Lorca.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Nascido em Boston, nos EUA, em 1809, Edgar Allan Poe foi poeta, escritor, editor e crítico literário. Adepto das short stories, tornou-se um dos mais conceituados autores da literatura norte-americana e um dos primeiros a viver profissionalmente de seu trabalho como escritor. Poe faleceu aos 40 anos de idade numa taberna em Baltimore, vítima do alcoolismo.

Página do autor +