Capa do livro Lembra aquela vez

Lembra aquela vez

Autor: adam silvera

Tradução: Lucas Peterson

Preço: R$ 39,50

336 pp. | 13,7x 20,7 cm

ISBN: 978-85-7980-280-5

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA

Selo: Rocco Jovens Leitores

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 25,50

E-ISBN: 978-85-7980-282-9

Aqui hoje, esquecido amanhã! E se pudéssemos deixar para trás toda a dor que sentimos e focar na felicidade? Bem-vindos ao Leteo, instituto que por meio dos mais avançados procedimentos científicos apaga memórias indesejáveis, oferecendo aos seus pacientes uma segunda chance, um recomeço. Público-alvo: pessoas que perderam entes queridos, vítimas de violência, corações partidos e por aí vai. Afinal, quem nunca quis esquecer pelo menos algum episódio de sua história? Entre os potenciais clientes do Leteo está o jovem Aaron Soto, protagonista de Lembra aquela vez, livro do norte-americano Adam Silvera celebrado por veículos como The New York Times (“lindo romance de estreia”) e Chicago Tribune (“comovente”) e finalista do Prêmio LAMBDA, na categoria romance juvenil/jovem adulto LGBT.
 
Aaron é um garoto de 16 anos do Bronx, em Nova York, levando uma vida como tantos outros jovens. É louco por action figures e histórias em quadrinhos (desenha sua própria revista!), divide um apartamento de um quarto com seu irmão e a mãe que se desdobra para pagar as contas da casa, trabalha na loja de conveniências do bairro, gosta de passar o tempo com a namorada, Genevieve, e a turma do conjunto habitacional onde vive. Mas sua história é marcada por uma tragédia: o recente suicídio de seu pai, dor registrada na cicatriz que carrega no pulso.
 
Apesar de todas as dificuldades, Aaron está determinado a seguir em frente e aos poucos, com a ajuda da mãe e de Genevieve, lembra como é ser mais feliz do que triste. Quando sua namorada viaja para um acampamento de artes, Aaron se aproxima de Thomas, um garoto de outro bloco, e nele encontra muito mais do que o meio que melhor amigo Brendan e o resto da galera que tantas vezes o deixa na mão. Descobre sua nova pessoa preferida: compartilham do gosto por quadrinhos a dúvidas em relação ao presente, o futuro e seus lugares em um universo que ferrou com suas vidas. Mais: Aaron descobre que talvez sinta algo mais por Thomas, ou seja um “gostador-de-caras”, como prefere dizer quando ainda está tentando entender seus novos sentimentos. Diante de toda a confusão e rejeição que passam a fazer parte de sua vida, Aaron considera recorrer ao procedimento de alívio de memória do Leteo para esquecer não apenas as lembranças ruins que o perseguem, mas principalmente quem ele é.
 
Lembra aquela vez é um sensível romance que, com doses equilibradas de bom humor e seriedade, fala sobre o despertar sexual e temas ainda urgentes nos dias de hoje, como bullying e homofobia. É um livro sobre medo, incerteza, ciência versus natureza e, principalmente, sobre amizade, amor, aceitação e a procura pela felicidade. “Espero que todo livro que eu lance neste universo seja tão especial quanto esse é para mim,” diz o autor. Leitura obrigatória.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Adam Silvera nasceu e cresceu no Bronx. Ele era livreiro antes de entrar no ramo editorial infantojuvenil, e já trabalhou em uma empresa de desenvolvimento literário, um website de escrita criativa para adolescentes e como crítico de romances infantojuvenis e de jovens adultos. Ele é alto, por nenhum motivo aparente, e mora na cidade de Nova York.

Página do autor +