Capa do livro Era uma Vez Minha Primeira Vez

Era uma Vez Minha Primeira Vez

Autor: thalita rebouças

Preço: R$ 27,50

168 pp. | 13,7x20,7 cm

ISBN: 978-85-7980-071-9

Assuntos: JUVENIL, ROCCO JOVENS LEITORES, COMPORTAMENTO

Selo: Rocco Jovens Leitores

Disponível em e-book

Preço: R$ 18,00

E-ISBN: 978-85-64126-94-7

Coração acelerado, pernas bambas, arrepio na nuca e um friozinho na barriga. Medo? Sim. E também excitação, sonhos, dúvidas, inseguranças e todas as "noias" que as meninas sentem diante da tão esperada e, por que não, idealizada, primeira experiência sexual. São essas angústias e alegrias que Thalita Rebouças apresenta em Era uma vez minha primeira vez. No novo livro, a escritora que conquistou os adolescentes de todo o país e ganhou fama também na televisão usa toda a sua sensibilidade e bom humor para falar de um tema que ainda gera muita ansiedade e polêmica entre as garotas.

Na linguagem típica das adolescentes, a experiente autora no universo teen conta como seis amigas inseparáveis - Teresa, Clara, Tuca, Fernanda, Patty e Joana -, todas entre 15 e 19 anos, enfrentam o antes, o durante e o depois de um dos momentos mais importantes na vida das mulheres. Mas não espere um manual com dicas sobre sexo, virgindade, gravidez e temas afins. O livro reflete as emoções, os sentimentos, medos e anseios das personagens em diversas situações com as quais as leitoras de Thalita certamente irão se identificar.

Teresa, a pegadora do grupo, por exemplo, sempre jurou que nunca iria se apaixonar. Afinal, além de não acreditar no amor, ela pensava que abrir o coração era sinônimo de sofrer. Isso até reencontrar Gaspar. Amigo de infância chatinho que voltou de uma temporada nos Estados Unidos o maior gato, ele prova que a adolescente estava quase certa: não só conquista a menina como a faz chorar e se descabelar - e depois chorar e se descabelar ainda mais -, porque ele tem uma namorada gringa. Caída de amores, ela tenta de tudo para engatar o romance, driblar a dor de cotovelo e, quem sabe, aproveitar um pouco mais os deliciosos beijos de Gaspar.

Já a gordinha Clara se sente a menina mais amada do mundo porque Cabelo, seu namorado músico, não está nem aí para seus quilinhos a mais. Mas ainda assim, a insegurança bate firme quando ela pensa nos comentários maldosos por causa de seu corpo fora dos padrões e, afobada, põe em risco todo o encanto que esperava da primeira vez. A magrela Tuca também não consegue ficar confortável com a silhueta reta de modelo profissional e entra em pânico só de pensar em engravidar de primeira. E Nanda, que só vai à praia de maiô antiguinho com vergonha de uma mancha de nascença enorme no bumbum, se apavora ao imaginar o quanto o sexo com Vina, por quem está apaixonada, pode doer.

Enquanto algumas têm um papo franco com os pais sobre o assunto, como Teresa e Tuca, há quem, como Patty, jamais converse sobre o tema em casa. Patty, aliás, não usa a palavra vagina e sim “Jucileia”, tamanho o tabu em torno do assunto! Ela até passou um tempinho pensando ser assexuada, resolveu que casar virgem daria menos trabalho que não ser virgem e, lá no fundo, tem nojo de sexo. Até que um dia, quando ela menos espera...

E esperar, ah, esperar é o que Joana, a caçulinha do grupo, faz. Gatinha, surfista, boa amiga, excelente estudante, o que falta na vida dela é um namorado, um cobertor de orelha para chamar de seu. Isso, é claro, se seu pai, ciumento até dizer chega, não trucidar o coitado do garoto antes. E não é que surge um companheiro bacana, daqueles que não sai espalhando para todo o mundo o que faz ou o que deixa de fazer, bem do jeitinho que Joana queria?

Era uma vez minha primeira vez, vai além da primeira transa de cada uma das meninas. Com seu estilo franco e divertido, que entra na cabeça de cada personagem para revelar o que elas estão vivendo, Thalita Rebouças aborda tópicos como a amizade, a relação com os pais e a importância desmedida que os adolescentes dão à opinião alheia, em um livro que tem tudo para virar mais um best-seller entre o público jovem.

Leia um trecho +

Comente  
Instagram

O AUTOR

Fofa. Com olhos verdes e brilhantes a refletir o constante sorriso. Elétrica. Um doce de 220 volts. A escritora mais animada do Brasil — segundo a própria. Esta é Thalita Rebouças: carioca até a raiz dos cabelos, teimosa como toda escorpiana, portelense e apaixonada pelo tricolor das Laranjeiras.

Página do autor +

MÍDIA

Era uma vez minha primeira vez
Matéria no jornal O Dia

Era uma vez minha primeira vez
Entrevista Meio Norte, PI