Capa do livro Como criar um adulto

Como criar um adulto

Liberte-se da armadilha da superproteção e prepare seu filho para o sucesso

Autor: julie lythcott-haims

Tradução: Hugo Langone

Preço: R$ 49,50

416 pp. | 16x23 cm

ISBN: 978-85-68696-25-5

Assuntos: COMPORTAMENTO, FAMÍLIA, GRAVIDEZ/MATERNIDADE

Selo: Bicicleta Amarela

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 29,50

E-ISBN: 978-85-68696-27-9

Assunto recorrente entre educadores e psicólogos, e cada vez mais frequente na imprensa e nas redes sociais, o excesso de proteção e interferência dos pais na vida dos filhos está criando uma geração cada vez menos preparada para lidar com os desafios da vida adulta. São jovens que chegam às universidades, mas não têm o controle de sua vida acadêmica; que chegam ao mercado de trabalho, mas não conseguem se ajustar às exigências e dificuldades que a vida profissional exige, para além da competência técnica. Muito provavelmente são filhos de pais-helicóptero, que estão sempre voando baixinho e prontos para pousar e prestar socorro ao menor sinal de problema. Decana de calouros da Universidade de Stanford, Julie Lythcott-Haims reflete, em Como criar um adulto, sobre as angústias que levam os pais a esse tipo de postura e apresenta estratégias que os ajudam a entender a importância de permitir aos filhos cometer seus próprios erros para que se tornem adultos plenos.
 
“Este livro trata daqueles pais que se envolvem demais na vida dos filhos”, afirma a autora, ex-diretora de uma das mais influentes universidades norte-americanas, e mãe superprotetora assumida. Ela parte da tripla experiência – da maternidade, da observação de jovens universitários e a de cientista – para analisar como e por que a superproteção foi se consolidando na educação das mais recentes gerações de pais.
 
A linguagem é fluida, informativa e coloquial, na busca de uma interlocução com pais que exageram na dose de zelo. O caminho? Fomentar a resiliência nas crianças; observar como certos privilégios (boa situação financeira, escolaridade assegurada) dão pouca margem ao esforço pessoal, ao contrário de crianças de famílias menos favorecidas; ser mais realista e baixar um pouco o nível de exigência quanto ao futuro dos filhos, principalmente em relação à carreira.

Pragmático, o livro aborda algumas preocupações intrínsecas à cultura norte-americana, como o sonho com a faculdade idealizada (Harvard, Yale etc.) e traz uma lista de outras instituições que devem ser consideradas. Traduzindo a obra para a realidade brasileira, o livro pode ajudar muitos pais a avaliarem suas posições e reconsiderarem padrões de carreira e educação também por aqui.

Ouvir e considerar a voz dos filhos é outra dica importante da autora. Lythcott-Haims revela textos de entrevistas feitas com jovens candidatos à universidade que clamam serem ouvidos: “Sei que você me ama, e está tentando fazer o melhor, mas pode me dar um pouco de espaço?” Como criar um adulto é leitura obrigatória para todos os pais em busca de uma maneira melhor e mais coerente de preparar seus filhos para as exigências da vida.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Julie Lythcott-Haims ocupou o cargo de decana de calouros na Universidade de Stanford, onde recebeu o Prêmio Dinkelspiel por suas contribuições para a vida dos estudantes universitários. Ela falou e escreveu largamente sobre o fenômeno dos pais-helicóptero, e seu trabalho foi divulgado em periódicos como Forbes e Chicago Tribune. Reside em Palo Alto, Califórnia, com o marido, seus dois filhos adolescentes e sua mãe.

Página do autor +