Capa do livro Eu digo sim

Eu digo sim

Coleção Geração Ha

Autor: eliza kennedy

Tradução: Elisa Nazarian

Preço: R$ 34,50

368 pp. | 16x23 cm

ISBN: 978-85-325-3020-2

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA, COMPORTAMENTO

Selo: Rocco

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 22,50

E-ISBN: 978-85-8122-642-2

Engraçado, na tradição de Casamento grego e Girls, Eu digo sim, livro de estreia de Elisa Kennedy, é uma comédia sobre mulheres reais, às voltas com tradições e costumes não muito reais. Eu digo sim fala de sexo, família e relacionamentos, com leveza e humor, numa trama de guinadas surpreendentes. Para o The New York Times Book Review, o romance é picante e moderno, uma estreia a ser celebrada. Best-seller instantâneo, Eu digo sim marca a estreia da coleção GeraçãoHa, com livros para mulheres em busca de diversão, riso solto e camaradagem, na melhor tradição do papo entre amigas.

No livro, a protagonista Lily Wilder parece levar uma vida de sonho: formada em direito e contratada por um grande escritório de advocacia, ela mora em Nova York e está prestes a se casar com o homem perfeito. Mas, conforme a data da cerimônia se aproxima, a jovem desconfia que será incapaz de manter-se fiel a alguém. Em Eu digo sim, livro de estreia de Eliza Kennedy, a autora mistura humor, drama e uma pitada de erotismo para descrever os sete dias que prometem mexer com a cabeça da protagonista.

A semana do casamento de Lillian Grace Wilder não se parece nem um pouco com um conto de fadas. Em vez da ansiedade pela troca de alianças diante dos convidados, a jovem advogada tem dúvidas se conseguirá ser feliz em uma relação monogâmica. E ela não está sozinha. A mãe, as duas madrastas, a avó e até Freddy, melhor amiga e dama de honra, estão certas de que Lily está prestes a cometer um grande erro. Enquanto isso, o noivo, Will, nem imagina que pode ser abandonado antes mesmo de subir ao altar.

Ao voltar para Key West, cidade da Flórida onde cresceu e planeja se casar, Lily precisa dividir seu tempo entre os preparativos da cerimônia e um processo envolvendo um dos maiores clientes do escritório em que trabalha. Entre um compromisso e outro, a advogada percorre bares na companhia de Freddy e aproveita para fazer uma das coisas que mais gosta: sexo, seja com o noivo ou com homens que acabou de conhecer. Dividida entre o prazer e a culpa, a protagonista se pergunta se ama Will de verdade ou está enganando a si mesma.

Atormentada por lembranças de sua adolescência e do primeiro amor, Lily decide ter uma conversa séria com Will. O que ela não podia imaginar é que ele também guardava alguns segredos. Seria o fim do relacionamento dos dois? Acompanhe até o último dia de uma semana que reserva surpresas, lágrimas e risadas para a protagonista e todos os que a cercam.

Leia um trecho +

Comente  
Instagram

O AUTOR

Eliza Kennedy frequentou a Universidade de Iowa e a Escola de Direito de Harvard, onde editou a Harvard Law Review. Após a formatura, ela foi assistente de um juiz federal e trabalhou por vários anos em uma renomada firma de advocacia de Manhattan. Ela vive em Nova York com o marido e o filho. Eu digo sim é seu primeiro livro.

Página do autor +

MÍDIA