Capa do livro Eugênia e os robôs

Eugênia e os robôs

Autor: janaina tokitaka

Preço: R$ 24,50

96 pp. | 13,4x20,7 cm

ISBN: 978-85-7980-194-5

Assuntos: JUVENIL, ROCCO JOVENS LEITORES, FICÇÃO CIENTÍFICA/DISTOPIA

Selo: Rocco Jovens Leitores

Disponível em e-book

Preço: R$ 16,00

E-ISBN: 978-85-8122-449-7

Eugênia tem 11 anos e é muito inteligente. Apaixonada por mecânica e elétrica, é capaz de montar e desmontar qualquer aparelho eletrônico. Também é ótima em matemática e em tudo que exija lógica e concentração. De preferência, sem ter ninguém por perto para atrapalhá-la e confundi-la. Afinal, para Eugênia, as pessoas são muito complicadas. “Elas parecem robôs com defeito”, diz a protagonista do engenhoso Eugênia e os robôs, da artista plástica, ilustradora e escritora paulista Janaina Tokitaka.

Apesar de toda a sua inteligência e facilidade para entender coisas que a maioria das crianças de 11 anos, e mesmo os adultos, não conseguem sequer imaginar como funcionam, a vida de Eugênia não é nada fácil. Afinal, o que é uma equação matemática diante de problemas bem mais complicados como pessoas que “gritam quando o que mais querem é ficar em silêncio. Ou fecham a boca, sorriem e controlam seus mínimos movimentos, quando no fundo queriam estar sapateando de raiva”? A menina definitivamente não consegue entender os seres humanos – a começar por seus pais, as pessoas mais complicadas de todo o universo. E o que dizer então dos colegas da escola?

Eugênia não conseguia fazer amizade com ninguém e vivia sendo zoada pelas outras crianças. Depois de decidir fazer, literalmente, seus próprios amigos – construídos com muita habilidade a partir de controles remotos antigos, relógios quebrados, baterias e todo tipo de parafernália eletrônica que ela pôde encontrar e, o mais importante, devidamente programados por ela –, Eugênia desiste de vez de tentar se aproximar das pessoas. Afinal, pra que se aborrecer com crianças esquisitas se ela agora tem Zero, Aldo e Isaac a seu dispor? Compreensivos, companheiros, interessados nos mesmos assuntos que ela, seus amigos robôs são melhores que qualquer outro, de carne e osso!

Mas quando Eugênia se esconde no banheiro do colégio na hora do recreio para fugir da “companhia” de seus colegas de classe, tem início uma grande confusão que vai acabar pondo à prova as ideias da menina sobre um mundo ideal, habitado por robôs absolutamente previsíveis. Mesmo que isso signifique ter que aceitar lidar com as atitudes e pensamentos por vezes indecifráveis dos humanos.

Com originalidade e bom humor, Janaina Tokitaka faz uma homenagem a autores como Isaac Asimov – o robozinho preferido de Eugênia é justamente o homônimo do escritor – e à ficção científica, ao mesmo tempo que constrói uma singela e divertida história para a garotada sobre as relações humanas.

Leia um trecho +

Comente  
Instagram

O AUTOR

Janaina Tokitaka é artista plástica, ilustradora e escritora. Nasceu na cidade de São Paulo, onde estudou Artes Plásticas. Autora de mais de 10 livros infantojuvenis, ilustrou outras dezenas de obras de autores nacionais e estrangeiros, entre elas Contos populares japoneses, de Adriana Lisboa, e O mistério da estrela, de Neil Gaiman.

Página do autor +

MÍDIA

Gente difícil
Resenha Folhinha (Folha de S. Paulo)