Capa do livro Em uma só pessoa

Em uma só pessoa

Autor: john irving

Tradução: Léa Viveiros De Castro

Preço: R$ 59,50

512 pp. | 14 x21 cm

ISBN: 978-85-325-2890-2

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA

Selo: Rocco

Disponível em e-book

Preço: R$ 29,50

E-ISBN: 978-85-812-2448-0

Billy é um menino diferente: sua sexualidade sempre incluiu o gosto pelo masculino e o feminino e todo o espectro entre os dois gêneros. Um dos protagonistas mais atormentados e apaixonantes de John Irving, Billy cresce ciente de que as diferenças – sexuais, de opinião ou de raça, pouco importam – são tão definidoras quanto as semelhanças.


Nascido e criado em uma pequena cidade dos Estados Unidos, Billy sabe que seu desejo sexual pode chocar a conservadora sociedade local. Ainda assim, ele viveria ao longo de sua vida aventuras que lhe abririam a mente para o sexo e o amor. A começar pela misteriosa bibliotecária Srta. Frost, por quem nutria uma forte paixão.


“Nós somos formados pelo que desejamos”, diz no primeiro parágrafo de Em uma só pessoa, do norte-americano John Irving. Os anseios sexuais de Billy ultrapassaram os limites de gênero. Além da Srta. Frost, Billy também deseja Jacques Kittredge, o belo campeão de luta livre de sua escola. Antes disso, ele já se fascinava com o avô, Harry Marshall, que fazia parte de um grupo de teatro amador local e costumava interpretar com propriedade os papéis femininos.


Em uma só pessoa também reflete o cenário social norte-americano que tenta lidar com a “questão” homossexual: a discriminação em todos os seus matizes, da moral à violência física, que persiste da infância do personagem até os dias de hoje, com Billy já na meia-idade. A AIDS e o impacto da epidemia no meio homossexual no qual a doença expôs, por meio de suas chagas visíveis e mortais, aqueles que também ocultavam sua orientação.


No romance de John Irving, as nascidas mulheres são fracas, inofensivas, loucas e controladoras. As melhores e mais poderosas expressões do feminino estão justamente transcendidas, alojadas em corpos masculinos. Uma amostra da capacidade do ser humano de ir além do aparato biológico, de amar de todas as formas e em todas as suas formas.

Comente  
Instagram

O AUTOR

John Irving é um dos maiores nomes da ficção norte-americana contemporânea, com livros publicados em 35 idiomas. Nascido em 1942, em New Hampshire, alcançou sucesso internacional com O mundo segundo Garp, que lhe rendeu o National Book Award e ganhou uma adaptação cinematográfica, em 1982, estrelada por Robin Williams. Outras obras de destaque de Irving são As regras da Casa de Sidra, que deu origem ao filme Regras da vida, pelo qual recebeu o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, A última noite perto do rio e Em uma só pessoa, todas publicadas pela Rocco.

Página do autor +