Capa do livro O Manipulador

O Manipulador

Autor: john grisham

Tradução: Maira Parula

Preço: R$ 34,50

352 pp. | 14x19 cm

ISBN: 978-85-325-2857-5

Assuntos: FICÇÃO – ROMANCE/NOVELA, SUSPENSE

Selo: Rocco

O novo romance do aclamado John Grisham começa com o personagem Malcolm Bannister na cadeia. Advogado, ex-fuzileiro naval, negro e nascido na pequena cidade de Winchester, Virgínia, Malcolm foi condenado a 10 anos de prisão por se meter em falcatruas de natureza e proporções que ele sequer imaginava.

Graças à participação da Copeland, Reed & Bannister, pequena firma de advocacia a qual Malcolm era associado, na execução de uma das operações imobiliárias do golpista Barry Mãozinha, o nome do advogado vai parar na lista negra do FBI. Enquanto Malcolm descreve, como num diário de prisioneiro, a rotina na prisão federal de Frostburg e os esforços para ganhar liberdade, o narrador-personagem revela sua vida pregressa e como, aos poucos, foi se envolvendo numa teia de ilegalidades.

Juntando os ingredientes que lhe são peculiares, a crítica pontual e o humor levemente ácido, Grisham confere habilidosamente à história uma veia que foge do mero maniqueísmo. Em vez de acentuar os extremos de “certo” e “errado” no que permeia a justiça dos tribunais, ele prefere a inconstância do perfil moral de um homem que passará cinco anos estudando a melhor maneira de se vingar daqueles que ferraram com a sua vida.
Grisham faz uso do artigo 35 das Normas Federais de Processo Penal da justiça americana para tornar possível a vingança de Malcolm. O artigo 35 permite a redução da pena se o réu oferece “assistência substancial na investigação ou julgamento de outra pessoa”. Quando o juiz federal Enter Raymond Fawcett é assassinado, Malcolm vê uma oportunidade. Ele afirma conhecer o assassino e os motivos que levaram ao assassinato. Em troca da informação, ele exige sua imediata soltura, a proteção do programa de segurança à testemunha, um rosto cirurgicamente alterado e uma nova identidade.

Lembrando o motivo norteador de O processo, de Franz Kafka, o Malcolm de Grisham é um Josef K. às avessas. Sem moralismo barato, O manipulador descarta a fragilidade de juízos categóricos e determinantes e decreta que o crime, em certos contextos, pode sim compensar.

Comente  
Instagram

O AUTOR

John Grisham nasceu em 8 de fevereiro de 1955, na cidade norte-americana de Jonesboro, no Askansas. Quando criança, sonhava ser jogador de beisebol. Jogou algumas vezes como quarterback no time de futebol americano dos Chargers, no Colégio Southaven, no Mississipi. Acabou, por fim, escolhendo o Direito como sua área de atuação, tornando-se advogado especializado em defesa criminal e processos por danos físicos.

Página do autor +