Capa do livro O Jardim da Infância de Matisse

O Jardim da Infância de Matisse

Coleção Pintando o Sete

Autor: caulos

Preço: R$ 29,00

36 pp. | 21x21 cm

ISBN: 978-85-325-2185-9

Assuntos: INFANTIL, HISTÓRIA DA ARTE/TEORIA DA ARTE

Selo: Rocco Pequenos Leitores

Disponível em e-book

Preço: R$ 19,00

E-ISBN: 978-85-62500-85-5

Henri Matisse nunca desenhou nada até os seus 22 anos de idade. Francês, nascido em 31 de dezembro de 1869, mal sabia ele que viria a ser não apenas um grande pintor, mas também um dos maiores talentos da História da Arte. A vida e a obra desse expoente na pintura ganham a leveza e a delícia das historinhas infantis, mais o traço talentoso e o olhar sensível das ilustrações do artista mineiro Caulos em O jardim da infância de Matisse, seu primeiro livro da coleção Pintando o Sete.

Unindo entretenimento, cultura e arte através de uma linguagem fácil, delicada e muito prazerosa de ler, a coleção – que irá contar com sete volumes – trará o melhor da pintura mundial para os pequenos leitores. E o escolhido para inaugurar essa série de títulos foi Matisse, pintor dos mais inovadores do século XX, que lançava mão das cores para expressar todas as suas sensações. Daí, portanto, a surpreendente liberdade de seus desenhos, vibrantes, coloridos com extrema emoção.

Antes de pincelar seu talento sobre telas, Henri Matisse formou-se advogado, conforme queriam seus pais, levando uma vida burocrática num sisudo escritório onde trabalhava copiando todos os processos num livro enorme – "os clientes achavam importante que seus casos fossem registrados" – até conhecer, meio que ao acaso, a pintura que se tornaria sua grande paixão. A mesma que norteia o trabalho de Caulos no primeiro volume desta coleção imperdível para toda garotada – um livro de arrebatamento único. Conhecimento e diversão em uma explosão de graça e cores.


Comente  
Instagram

O AUTOR

Caulos – nome artístico de Luis Carlos Coutinho – é pintor, desenhista, escritor. Nasceu em Minas Gerais e vive há muitos anos no Rio de Janeiro. Desenha todos os dias, pinta nos outros. À noite escreve, assiste a muitos filmes antigos e alguns novos. Tem uma coleção de livros de arte e gosta de ler Eça de Queirós, Raymond Chandler e Júlio Verne, todos os dias.

Página do autor +