Capa do livro Sobre Deus e o Sempre

Sobre Deus e o Sempre

Autor: nilton bonder

Preço: R$ 23,00

176 pp. | 14x21 cm

ISBN: 978-85-325-2645-8

Assuntos: RELIGIÃO/ESPIRITUALIDADE

Selo: Rocco

Disponível em e-book

Preço: R$ 16,00

E-ISBN: 978-85-81220-00-0

Que tempo mais existe além de passado, presente e futuro? O rabino Nilton Bonder acrescenta a essa lista o sempre, o tempo em que está Deus. Antes de aprofundar-se nesta ideia, o autor pondera que a questão da existência de Deus mobiliza a humanidade profundamente, não tanto pela curiosidade, mas por acobertar uma angústia original. O desencadeamento dessa angústia pode ser atribuído a fatores como a conclusão de que Deus é “um”, de que foi responsável pela Criação sem estar incluído nela e, em particular, de que está fora, mas também inserido em qualquer tempo conhecido – seja no passado, no presente ou no futuro. Este é o fio condutor de Sobre Deus e o sempre, que chega às livrarias pela Rocco dentro do projeto de reedição da obra completa de Nilton Bonder.

Compreender que Deus vive no sempre pode significar entender que Ele vive em um tempo diferente do nosso e que sua maneira de existir é diferente da conhecida pelos indivíduos. Esse tempo no qual Ele vive remete ao vazio, à não existência. Em Sobre Deus e o sempre, Bonder insinua que por este mesmo tempo em que Deus está todos também já passamos. “Cada um de nós contém em si a memória não acessível de uma incrível trajetória que nos traz até aqui, neste momento e deste jeito. Essa memória feita de passados e da sensação de transitoriedade do tempo também é repleta de um sentimento antigo da presença do ‘sempre’ e do ‘um’”, escreve.

Sobre Deus e o sempre está dividido em cinco capítulos, nos quais o autor, baseando-se na mística judaica, trata sobre o antes, o agora, o depois, o sempre e a existência. Ao tratar sobre o antes, o agora e o depois, Bonder avalia que a percepção do tempo é fruto do problema fundamental da “consciência”: a compreensão da transitoriedade. O autor destaca que a relação de causa e efeito é toda sustentada pela percepção da passagem do tempo e não há nada mais racional que a noção de tempo. “Ela é o instrumento maior do pensamento e, ao mesmo tempo, seu maior obstáculo. Sua utilidade é tão grande quanto a limitação que nos impõe. Nossa mais sólida referência e também nossa maior ignorância.”

De acordo com Bonder, o tempo presente é o tempo físico. Nele há dor e prazer. O corpo nutre ou se desgasta, se revigora ou adoece. No corpo, a existência acontece e nele ela se desfaz – nascemos e morremos em “agoras”. “Este incrível tempo instantâneo é experimentado como tendo supremacia sobre o passado e sobre o futuro. Enquanto no passado só existe a dor e o prazer da lembrança, e no futuro, a dor do medo e a expectativa da antecipação, no agora existe uma inegável concretude.” Assim, fazendo ponderações sobre os tempos conhecidos, e também sobre o sempre e a existência, Bonder conduz o leitor por um caminho que leva à reflexão e a uma maior consciência sobre a existência, a presença no tempo e a questão da mortalidade.

Comente  
Instagram

O AUTOR

Rabino da Congregação Judaica do Brasil, Nilton Bonder se destacou internacionalmente como um dos maiores intérpretes literários da antiga sabedoria judaica e também como um ativo defensor e promotor do ecumenismo religioso, atributos que fazem com que seus livros sensibilizem leitores das mais diferentes culturas e nacionalidades.

Página do autor +