Os bastidores do novo site da Rocco

Entrevista com o designer Rodrigo Rodrigues
18 de julho de 2014


Reunidos em prateleiras, os livros contam uma história íntima. Cada estante soma escolhas, diferentes estilos convivem em harmonia. Este é o conceito do novo site da Rocco: oferecer aos leitores fácil acesso aos dois mil volumes de nossa estante, enfatizando a pluralidade de títulos e autores.

Com projeto visual e de arquitetura da informação de Rodrigo Rodrigues, o novo site da editora entrou no ar em junho após dois anos de planejamento e produção, graças ao empenho de diversos profissionais. Na entrevista abaixo o designer carioca, que também assina dezenas de capas da Rocco, conta quais foram as referências para o layout e os principais desafios do projeto.

 

Às vésperas de completar 40 anos, o projeto de um novo site reflete a modernização da Rocco e, ao mesmo tempo, a preocupação da editora em resgatar e colocar em evidência a sua história. Qual foi o conceito escolhido para retratar esta nova fase da editora?
Acho que a melhor palavra é pluralidade, não somente de títulos, autores, mas também de meios — hoje o livro é um suporte de conteúdo, mas o celular e o tablet também são, e um livro pode dar origem a vários outros conteúdos, sejam filmes, fanarts, músicas, jogos etc. Visualizamos o site como uma estante, com diversos tipos de conteúdos, formatos e objetos, que serve a diversos moradores de uma mesma casa — crianças, jovens e adultos.

Quais foram as principais referências para o layout do site?
Com raríssimas exceções, as editoras no Brasil não investem ainda na produção de seus sites, já que, a venda é feita pelas livrarias e lojas de departamentos, o que acho um erro já que ao proporcionar uma experiência interessante no seu site, você aumenta a chance de vendas e gera um retorno positivo à marca. Minhas referências para esse trabalho foram os sites de produtoras de conteúdo, desde canais de TV, estúdios de cinema até produtoras de games e lojas de apps online.

Como foi o processo de trabalho?
O design é apenas a parte final de um longo processo. Até chegar na parte divertida e colorida trabalhamos muito na identificação dos usuários, na experiência desejada, na arquitetura de informação e nos wireframes. Ir direto ao design é aumentar perigosamente a chance de ter que refazer tudo no final.

Quais foram os maiores desafios?
Um grande desafio foi tentar manter sempre a simplicidade com personalidade. Num site para um público diverso as informações desejadas têm que ser rapidamente visualizadas e a interação tem que ser fácil. Outro desafio foi como mostrar conteúdos diferentes, e criar outras formas de mostrar esses conteúdos mantendo uma experiência coesa para o usuário — acho que conseguimos.

Na sua opinião, que característica ou qualidade é fundamental em um website?
Ser amigável. Facilite a vida do seu usuário e ele será grato por isso. Dê a ele o que ele procura de uma forma rápida e interessante e ele vai voltar.

 

Confira algumas das capas que Rodrigo Rodrigues criou para a Rocco:

TAGS: design, Roberto Rodrigues, site,

Comentários sobre "Os bastidores do novo site da Rocco"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *