Literatura em trânsito

Florencia Garramuño e Luciana di Leone se encontram na Casa Rocco
1 de maio de 2014


Casa Rocco

Duas das mais destacadas críticas literárias latino-americanas discutem a obra de artistas contemporâneos que aproximam a literatura de outras artes.

Florencia Garramuño: Ficção, fotografia, imagem, memória: o insistente deslocamento da literatura contemporânea de seus assentos mais estáveis desafia a propriedade e a espécie para fazer a literatura emergir como laboratório de ideias e de inspirações para pensarmos e imaginarmos de modos renovados nossas comunidades.

Luciana di Leone: Se pensarmos, com Jean-Luc Nancy, que as artes se fazem umas contra as outras, ou seja, ao mesmo tempo se confrontando e inevitavelmente juntas, nos depararemos com que separação e contato marcam paradoxalmente as artes desde sempre. Que a leitura da separação tenha sido dominante na modernidade, enquanto que a leitura do contato ganhe cada vez mais força na arte contemporânea, não significa necessariamente que hoje se declare a inexistência de diferenças entre as artes (ou que a literatura esteja deixando de ser literatura, ou a poesia deixando de sê-lo), mas é eloquente em relação à nossa vontade de procura do toque, de um vínculo estético, como forma de resistência frente a um cotidiano cada vez mais imunitário.

Leia também: Conheça a coleção Entrecríticas

TAGS: crítica literária, Entrecríticas, Florencia Garramuño, Luciana Di Leone, Rocco na Flip,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *