Destino: Hogwarts! – Londres

por Larissa Helena
7 de maio de 2015


Bem-vindos à nossa série de posts Destino: Hogwarts!

Como potterhead de coração que sou, sempre que dá eu aproveito para ver os lugares relacionados à saga mais querida do nosso coração. Nessa série de posts, vou compartilhar minhas impressões para vocês saberem melhor o que esperar de alguns deles… e quem sabe planejar ou sonhar com o próximo destino mágico das suas férias? Vamos lá!

Primeira parada: o estúdio de Leavesden, em Londres

Quando fui a Londres pela primeira vez, tive que me contentar com a plataforma 9 ¾ na estação de King’s Cross, tirei uma foto pulando naquele carrinho que atravessa a parede e foi isso aí.

Mas aí a Warner Bros. teve uma ideia genial: e se a gente transformasse o set em que grande parte das cenas foram gravadas  em uma espécie de museu para os fãs da série? Ele foi inaugurado em 2012 e é um sucesso: ganhou todo tipo de prêmio que você possa imaginar, e com razão!

estudios harry potter tratada

O caminho para lá é um pouco longo, você tem que pegar um trem e depois um ônibus. No trajeto, eu já estava explodindo de animação… mas não consegui deixar de pensar que eu devia ter ido quando criança, porque adulta eu não teria mais o encantamento daquela confusão entre magia e realidade que torna essas coisas tão emocionantes. Claro que eu estava errada!

Na fila para entrar nos estúdios, você já passa pelo armário embaixo das escadas em que realmente foram filmadas aquelas cenas, e depois você é convidado ao Salão Comunal! Tudo tem a maior cara de estúdio de filmagem, você vê a estrutura por trás dos cenários e eles te explicam como criaram vários dos efeitos que dão as ilusões da telona, mas – incrivelmente – isso não torna nada menos mágico.

harry potter escada

montagem_lari-1

O Beco Diagonal é um espetáculo à parte, e foi um dos poucos (cof, cof) momentos em que o meu olho encheu d’água. Lembro de ter visto num documentário que uma das memórias mais fortes da JK com a adaptação para os cinemas foi finalmente ver o Beco ao vivo e em cores. Andando por aquelas ruas, vendo as lojas que você tantas vezes imaginou e os itens mágicos se movendo nas vitrines, dá vontade de ficar por lá mesmo!

montagem-lari-2

varinhas

Na Toca, o ferro passa roupa sozinho, os legumes se cortam e as panelas se limpam. Na seção das criaturas, tem um Dobby em tamanho real (de olhinhos fechados, dá uma dooor no coração), um hipogrifo e mandrágoras. Você pode se olhar no espelho de Ojesed, passear pela sala comunal, pelo escritório do Dumbledore (com direito a penseira, lógico!), e ver a temida sala de poções… E também tem várias vitrines com milhares dos objetos que eles usam ao longo dos livros, todos catalogados com os nomes em inglês.

lari_elfo

mesaalvocamahogwartscartasparaharry

Por fim, tem uma maquete do Castelo de Hogwarts, que ainda assim ocupa um salão inteiro! Os diretores contam num documentário que o castelo foi crescendo com o tempo, e conforme as exigências dos filmes eles ganhavam uma torre aqui, outra acolá… e o resultado é um verdadeiro monumento – e não é à toa que eles fecham o tour com ele.

maquerehogwarts

Do armário da escada ao castelo de Hogwarts (grandioso mesmo em miniatura), adorei cada detalhe da minha visita ao estúdio, e espero que vocês tenham gostado do post e possam sentir um pouquinho da emoção do tour com as fotos. Semana que vem a gente volta com a nossa segunda parada!

Larissa Helena foi da Corvinal, e conseguiu seu título de mestre pela Universidade da Sorbonne com uma tese sobre Harry Potter. Hoje, ela continua trabalhando com magia, mas do tipo portátil: em forma de livros da Editora Rocco.

 

TAGS: Estúdios, Harry Potter, Londres, Studio Tour, Viagem, Warner Bros.,

Comentários sobre "Destino: Hogwarts! – Londres"

  1. Nossa, quase tive um ataque agora (risos). Não sabia que a Warner tinha construído um museu em Londres. Vou a Londres pela primeira vez ano que vem, por isso quero agradecer por essa reportagem, pois definitivamente esse museu será uma parada obrigatória na viagem. Só uma dúvida: a estação de King’s Cross onde há aquele carrinho na parede se chama King’s Cross mesmo ou é uma homenagem que fizeram?

Deixe uma resposta para Maria Caroline Dos Santos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *