O AUTOR

Roberto Cotroneo nasceu em 10 de maio de 1961, na desconhecida cidadezinha italiana de Alexandria, de cem mil habitantes. Começou a estudar piano aos 6 anos, mas seu verdadeiro talento, a literatura, só se revelaria mais tarde. Aos 18 anos, passou a escrever num jornal local que lhe deu espaço para atuar como crítico de cinema. Suas opiniões logo se tornaram célebres e polêmicas entre os leitores, o que o incentivou a escrever também sobre teatro e, especialmente, literatura. Com o tempo, a carreira como jornalista acabou decolando – no início dos anos 80, Cotroneo foi contratado pelo jornal milanês L’Europeo e, mais tarde, pelo diário romano L’Espresso, onde passou a conviver com os maiores escritores e pensadores italianos contemporâneos. Sob o pseudônimo de Mamurio Lancillotto, um verdadeiro personagem criado por ele, fez duras críticas à produção literária italiana. Ele trabalhava tanto que jamais poderia imaginar que algum dia teria tempo para escrever seu próprio livro. Entretanto, em 1994, finalmente saiu seu trabalho de estréia como escritor, Se uma criança, numa manhã de verão… Hoje, a obra de Cotroneo já soma quatro títulos, traduzidos para o espanhol, catalão, português, alemão, inglês, francês e japonês. Entre os prêmios que já conquistou está o Selezione Campiello, um dos principais da Itália. Entre suas atividades também está o comando de cursos de redação criativa para aspirantes a escritor, oferecidos sobretudo em seu país natal. Do autor, a Rocco publicou também A idade perfeita.

Comente  
Instagram