O AUTOR

É militante feminista desde 2011, além de roteirista e escritora. Seus trabalhos na TV, como Mulheres fantásticas (Globo) e Perrengue (MTV), têm foco no humor e no protagonismo feminino. É autora da peça A fábrica de cachorros, que investiga estupro dentro das relações de afeto, e do documentário Clandestinas, sobre aborto no Brasil. Monumento para a mulher desconhecida é o seu primeiro livro de ensaios, no qual aborda a interseção entre o político e o íntimo. Você pode saber mais no Twitter @renatacorrea e no Instagram @recorrea.

Comente  
Instagram