Na mesa do editor

À espera de Holly Black

por Milena Vargas
1 de setembro de 2014


Holly Black

Quem trabalha com livros sabe que são muitos os autores por quem nos apaixonamos, mas sempre há aquelas obras que ocupam um espaço permanente no coração do editor.

A minha história com a Holly Black é um pouco assim: foi com muito prazer que li Gata branca, o primeiro livro da série Mestres da Maldição, e, nesse primeiro contato, embarquei por completo no universo que a autora criou com sua escrita direta e levemente sarcástica. Imagine viver num mundo em que algumas pessoas nascem com o dom de enfeitiçar as outras. Imagine que em sua família todos têm esse dom e você é o único que não pode ser chamado de mestre da maldição. Agora, misture a esse contexto um amor platônico por uma garota desaparecida, um contato próximo demais com uma perigosa família de mafiosos, uma gata branca misteriosa e um protagonista que quer levar uma vida normal, frequentar o colégio e tentar se manter o mais longe possível do mundo do crime.

Você consegue pensar em terminar esse livro e ter que esperar até a continuação ser produzida? É, os editores também sofrem de ansiedade-pré-sequência! Afinal, nós somos, antes de tudo, apaixonados por boas histórias.

Gata branca e luva vermelha

Foi por esse motivo que, quando comecei a editar Luva vermelha, o segundo volume da trilogia, não escondi de ninguém a minha satisfação: em todas as oportunidades eu falava sobre o livro, recomendava a autora e a história. A sequência traz ainda mais suspense, crimes e romance – uma leitura que a gente faz num fôlego só, doido para saber o que vai acontecer. Mas Holly não dá todas as respostas: é preciso ainda esperar pelo desfecho da trilogia, Alma negra, que ainda está em tradução.

Sorte a minha que a Rocco Jovens Leitores também é responsável pela publicação de outras obras-primas de Holly Black, então a espera por esse desfecho será bem menos angustiante. Lançaremos em outubro Ironside, o último volume cheio de magia e romance proibido da trilogia Fadas Ousadas e Modernas. E, claro, impossível deixar de mencionar: ela é autora do décimo segundo conto da incrível antologia Doctor Who: 12 Doutores, 12 Histórias – que sai do forno em novembro pelo selo Fantástica. <3 <3

Se você é como eu – um amante de boas histórias –, não importa por qual desses livros comece a leitura. Sem dúvida vai encontrar em Holly Black uma companhia duradoura, com quem passará horas inesquecíveis.

Leia também:
☛ A visita do novo Doutor, por Vivi Maurey
☛ Fantástica na Comic-Con

milenaMilena Vargas

Para a editora da Rocco Jovens Leitores e da Fantástica Rocco, os livros sempre foram uma forma de viajar pelo mundo, pela história e pela imaginação.

Tags1: , , , , , ,

Comentários sobre "À espera de Holly Black"

  1. Parabéns pelo trabalho de edição dos livros. =)

    Sobre o sofrer com a espera da sequencia,infelizmente isso é mto cara da Rocco,ela não se atualizou e mudou o modo de agir mesmo com a ampla gama de novas editoras,que alias não demoram seculos pra lançar a continuação de uma obra….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *