Capa do livro Monge Urbano

Monge Urbano

Como parar o tempo e encontrar sucesso, felicidade e paz

Autor: pedram shojai

Tradução: Clovis Marques

Preço: R$ 39,50

288 pp. | 16x23 cm

ISBN: 978-85-68696-44-6

Assuntos: AUTOAJUDA, MEDITAÇÃO/IOGA/BEM-ESTAR, RELIGIÃO/ESPIRITUALIDADE

Selo: Bicicleta Amarela

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 26,00

E-ISBN: 978-85-68696-45-3

A vida moderna é alucinante.  A sociedade atual se constrói sobre os valores da velocidade, da onipotência, da onisciência e da onipresença. Os habitantes das grandes cidades vivem várias vidas em uma: dividem-se entre compromissos e comprometimentos que se multiplicam sem parar: o trabalho, a família e até mesmo o lazer tornam-se uma obrigação para caracterizar uma existência bem-sucedida. Todos devem ser capazes de fazer “tudo ao mesmo tempo agora”, de saber tudo e estar atualizado instantaneamente. Mas o ser humano não foi feito para viver como se tivesse poderes divinos. Não tem. E as limitações cobram seu preço: estresse e toda sorte de doenças psicossomáticas, como depressão e síndrome do pânico. Além disso, cria-se uma existência agressiva, impaciente e intolerante, pois não há tempo para estabelecer relacionamentos profundos e verdadeiros com o outro: o imediatismo do “eu” impede a empatia e uma vivência saudável em sociedade.

Uma sociedade doente precisa de tratamento. E algumas pistas para a cura vieram do Oriente e foram disseminadas mundo afora a partir dos anos 60: a ioga, a meditação, a noção da boa alimentação tanto física como espiritual. Mas, a partir daí, outro problema se apresentou: como botar em prática os princípios orientais, que exigem um nível de renúncia e mudança de hábitos impraticáveis para os habitantes de um mundo frenético?  Como conciliar uma rotina extenuante com um tempo dedicado às atividades meditativas? Como ajustar-se a uma alimentação natural com um a quase total presença de alimentos processados e industrializados nas prateleiras dos supermercados? Como tornar-se um monge em plena cidade?

Pedram Shojai tem a resposta. Em Monge Urbano – Como parar o tempo e encontrar sucesso, felicidade e paz, lançamento do selo de bem-estar Bicicleta Amarela, o fundador da Well.org, consagrado mestre de qigong, mestre herbalista e doutor em medicina oriental, mostra que  não é preciso fazer um retiro para encontrar seu centro e o sentimento de calma. Com a prática, é possível desacelerar, se reabastecer e focar nas coisas realmente importantes, mesmo em meio ao caos e à agitação do mundo contemporâneo. Monge Urbano revela os segredos para manter o coração aberto, a mente antenada e uma profunda sensação de bem-estar, mesmo nas circunstâncias mais complicadas. “Passei toda a minha carreira empenhado em trazer a antiga sabedoria do Oriente ao nível da terra para pessoas comuns aqui em nossas cidades, e este livro é produto de milhares de encontros bem-sucedidos com pacientes na minha clínica. O problema é que as práticas esotéricas trazidas da China, do Tibete e da Índia eram quase sempre derivadas de tradições ascéticas, pessoas que renunciavam ao mundo, mas estavam sendo praticadas por chefes de família aqui no Ocidente”, explica Shojai.

O livro apresenta um programa prático de domínio das necessidades diárias desenvolvido por Shojai com ferramentas e exercícios simples, capazes de elevar a existência por meio de aprendizados como honrar o corpo por meio da alimentação, descarregar energias presas e se libertar de vícios em substâncias ou experiências tóxicas. Em dez capítulos, Shojai, que promove seminários e retiros em todo o mundo e fundou a Taoist Path School of Alchemy, mostra exercícios de controle do estresse, como administrar o tempo, lidar com fluxos de energia para aumentar a vitalidade e diminuir o cansaço, técnicas para um repouso mais saudável. Também aborda como combater o sedentarismo, o excesso de peso, baixa autoestima, a solidão, a falta de dinheiro e como restabelecer uma conexão maior com a natureza e dar foco e propósito para a vida.

Por meio de exercícios e vivências que podem ser encaixados na atribulada rotina do dia a dia e mudanças alimentares que podem ser adaptadas ao ritmo ocidental como o aumento do consumo de chás relaxantes e detox de cafeína, por exemplo, é possível criar uma existência mais saudável. “Simplesmente sobreviver não basta. Nós queremos prosperar. O monge urbano pisa em bases sólidas e avança na plena consciência. Aprendemos a sair do modo de sobrevivência em direção à cobertura no arranha-céu que é o corpo humano.”


Leia um trecho +

Comente  
Instagram

O AUTOR

Pedram Shojai é fundador da Well.org, produtor dos filmes Vitality e Origins e apresentador dos podcasts The Health Bridge e The Urban Monk. É também um consagrado mestre de qigong, mestre herbalista e doutor em medicina oriental. Shojai promove seminários e retiros em todo o mundo e fundou a Taoist Path School of Alchemy. É sacerdote ordenado pela linhagem do Templo do Dragão Dourado, na China. Vive no sul da Califórnia.

Página do autor +