Capa do livro Out of orange

Out of orange

Orange is the new black nos apresentou a Alex Vouse. Conheça a verdadeira mulher que inspirou a personagem

Autor: cleary wolters

Tradução: Edmo Suassuna

Preço: R$ 34,50

304 pp. | 16x23 cm

ISBN: 978-85-68432-58-7

Assuntos: BIOGRAFIA/MEMÓRIAS/DIÁRIOS, CINEMA/TEATRO/TV

Selo: Fábrica231

COMPRE O LIVRO

Disponível em e-book

Preço: R$ 22,50

E-ISBN: 978-85-68432-63-1

Cleary Wolters estava prestes a desligar a televisão quando se deparou com seu próprio passado: prisão, drogas, homossexualidade. E não era apenas um programa com o qual ela pudesse se identificar, mas literalmente a história de sua vida. Tratava-se de um anúncio da então nova série Orange is the new black, baseada nas memórias de sua ex-amante Piper Kerman. Com o sobrenome de Piper trocado para Chapman e Cleary transformada em Alex Vouse, o sucesso foi imediato – a cada episódio, no entanto, a trama se distanciava mais e mais dos fatos. Mas Out of orange vai muito além de mostrar a “versão da amante lésbica”: com força e precisão narrativa, a verdadeira mulher por trás dos óculos de aros grossos tece lembranças e ideias sobre transgressões, punições, escolhas, erros e relações humanas.
 
O relato tem início na França, em 1993, entre cápsulas de heroína, paletós recheados de drogas e envelopes repletos de dólares. Junto a detalhes impressionantes e muitas vezes tragicômicos sobre os bastidores do tráfico internacional, surge uma moça de olhos azuis e cabelo loiro avermelhado. Na volta de Cleary a Northampton, Massachusetts, a bela e doce Piper foi primeiro uma excelente babá de felinos, comprometendo-se a cuidar de suas gatas durante as aventuras ilícitas à Europa, mas logo se transformou em parceira no crime e na cama. Tudo, porém, foi tão intenso quanto rápido. As duas se reencontraram dois anos e meio depois, na cadeia – mas, ao contrário do que mostra Orange is the new black, nunca fizeram sexo atrás das grades. E essa não é a única diferença entre realidade e ficção.
 
“Todo o enredo secundário sobre se eu era a traidora que tinha entregado Piper realmente me irritou. Pintaram um grande alvo em minhas costas para atrair qualquer ex-criminoso psicótico com rancor de traidores e os recursos para procurar a pessoa em quem a personalidade de Alex foi baseada... O clichê ‘delator versus delatado’ não se encaixava em nosso caso. Não era sequer próximo do que tinha acontecido na vida real”, escreve a autora.
 
Detalhar a relação com Piper, de qualquer forma, não é a motivação central da obra de Cleary Wolters. Ela contrapõe o ilusório glamour do mundo do crime e a dolorosa rotina do cárcere, construindo uma narrativa de formação que transborda sinceridade – incluindo um humor autodepreciativo muito particular –, sem jamais perder o ritmo ágil e cinematográfico. Habitado por personagens repletos de cor e fúria (que poderiam dar origem a uma série tão complexa quanto Orange is the new black), Out of orange é, acima de tudo, um livro sobre redenção. Cleary deixa claro que, no caminho para a liberdade, contar sua história foi mais importante que qualquer atestado do Departamento de Justiça.

Leia um trecho +

Comente  
Instagram

O AUTOR

Cleary Wolters, a mulher que inspirou a personagem Alex Vause de Orange is The New Black, foi condenada por conspiração ao importar heroína para os Estados Unidos e cumpriu uma pena de quase seis anos de prisão em Dublin, Califórnia. Em 2008 ela obteve sua liberdade. Hoje Cleary se dedica à escrita de poesias e roteiros.

Página do autor +

MÍDIA